Estudo biblico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3505 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Introdução
O estudo do Salmo 51 tem como propósito a identificação das origens deste salmo bem como o seu autor, a data em que foi escrito, as condições em que se encontrava o seu autor e o estilo literário que se utilizou para expressar em palavras o que estava sentindo e passando. De acordo com a possibilidade procurarei estar identificando a exegese e teologia deste salmo de acordo comaquilo que o Senhor revelou mediante esta passagem.
Há uma grande necessidade em se estudar este salmo pois se trata de um salmo muito utilizado nos dias de hoje por pessoas que estão sofrendo muito por causa de seus pecados, e este salmo trata exatamente deste assunto, quando um grande homem de Deus cai em profunda depressão por causa dos seus pecados cometidos primariamente contra o seu Deus.
Anecessidade pessoal do estudo deste salmo vai além das exigências para o cumprimento dos requisitos parciais desta matéria, pois tenho a intenção de estar criando em mim o hábito de estar analisando e interpretando os textos aos quais me proponho a estudar, sendo esta um oportunidade grandiosa e também muito valiosa.
Procurarei abranger ao máximo possível a análise deste salmo utilizando-me dediversos livros como comentários bíblicos, apostilas e outras referências bibliográficas referentes ao salmo, como dicionários teológicos e até materiais não-publicados oficialmente, expressando estes conceitos de forma claras e sucintas, atingindo assim o propósito deste estudo e pesquisa.

2 Questões Introdutórias
Antes de se aprofundar exegética e teologicamente no Salmo 51 convém que se conheçaa respeito da origem deste salmo que vem sendo utilizado freqüentemente para expressar o profundo sentimento depreciatório de um pecador.
Tem-se esta necessidade de saber a origem do salmo afim de estarmos familiarizados com o autor desta obra e também conhecer o seu estilo literário e o contexto histórico da época, para que assim se possa identificar e afirmar o por que deste salmo estarescrito exatamente da maneira que como está.

2.1 Autoria
Analisando ponderadamente este salmo pode-se atribuir a sua autoria ao grande rei Davi, já que o contexto em que este salmo foi escrito e relata se assemelham muito ao contexto em que Davi possivelmente se encontrava após o profeta Natã vir ter com ele e lhe apontar o pecado que havia cometido com Bate-Seba (2 Sm 11 e 12).
A pessoa queescreveu os comentário e notas de rodapé da Bíblia na versão Linguagem de Hoje afirma em uma de sua notas a respeito deste salmo ser Davi o seu autor, tendo como base o título em hebraico deste salmo, ;diwfd:l rOm:zim (Salmo de Davi).
No que diz respeito aos versículos 18 e 19 vários autores e comentaristas como F. Davidson afirmam que estes dois versículos foram “adicionados alguns séculos depois daépoca de Davi”[1], sendo esta época o tempo “quando os muros da cidade [de Jerusalém] foram derrubados, quando os sacrifícios cessaram”[2] (Ne 1.3; Sl 102.16,17; 142.2).

2.2 Data
Partindo da afirmação de ser o rei Davi o autor deste salmo e levando em conta o contexto em que foi escrito é possível estabelecer aproximadamente a data em que o salmo foi escrito.
Segundo Carlos Oswaldo Pinto em suaapostila a respeito da Teologia Bíblica do Antigo Testamento é possível estabelecer a data de 992 a.C. para o pecado de Davi com Bate-Seba (2 Sm 11). Considerando esta data pode-se afirmar que Davi escreveu este salmo por volta dos anos 992 e 991 a.C., quando exercia o seu reinado sobre Israel.

2.3 Estilo Literário
O Salmo 51 trata-se de um Salmo penitencial[3], sendo penitência um“arrependimento ou pesar por falta cometida; contrição. Aflição, tormento. Relativo à virtude cristã que leva ao arrependimento pelos próprios pecados, na medida em que constituem ofensa aos designos divinos.”[4]
Geralmente nestes salmos começa-se com “a confissão do pecado, acompanhado de uma súplica por perdão [divino], que substitui a lamentação sobre a tribulação”[5], e isto se pode ver claramente...
tracking img