Estudante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (597 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Onda de Violência Em São Paulo
A onda de violência no estado de São Paulo com o passar dos anos só aumenta as causas disso são muitas e se da por vários motivos. Um deles talvez o principal seja oconhecido como PCC (Primeiro Comando da Capital).
Até o ano de 2006 o PCC era comando por Marco Camacho mais conhecido como Marcola que esta preso desde há pouco mais de 06 anos. Hoje Marcola é umaespécie de rainha da Inglaterra do crime.
Marcola preso, dois bandidos então brigam pela sua sucessão, Roberto Soriano de apelido Beto tiririca e Abel Pacheco de Andrade que tem por apelido Vida Loka,com isso tem-se uma divisão entres os membros da facção que estão na rua. O vida Loka defendeu a continuidade dos ataques no estado de São Paulo mesmo depois de a maior parte do bando ter recuado.Para piorar ainda mais a situação bandidos comuns, sem ligação com a facção aproveitaram a onda de crime para eliminar desafetos e atribuir as mortes ao PCC.
Uma das soluções acredito eu que se devecomeçar ainda com as crianças que são elas que vão ser o futuro desse país e precisam de toda atenção do estado e é lógico da família com isso a onda de criminalidade diminuiria drasticamente só pelofato de se ter adultos com uma boa educação. O estado também deveria e ainda esta em tempo de investir em trabalho, educação, cultura e religião, para que as pessoas tenham algo com que se ocuparem eganharem o suficiente para terem uma vida digna.





RDD
Antes de se começar a falar sobre o RDD vamos falar o que ele é foi criado pela Lei 10.792/2003, trata-se de regime de disciplinacarcerária especial, com maior grau de isolamento e restrições de contato com o mundo exterior, aplicado como sanção disciplinar ou medida de cautelar. Exatamente por isto, a medida está sendo adotada compresos envolvidos com condutas delituosas.
O presente regime diferenciado pode ser adotado por 360 dias, sendo que o Superior Tribunal de Justiça já decidiu que cabe a prorrogação. Os críticos do...
tracking img