Estrutura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2126 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Química
Engenharias

Aula 1 – Estrutura atômica



Programa
1. Modelos Atômicos
2. Distribuição Eletrônica de Linus Pauling
3. Formação de íons



Estrutura Atômica
Histórico
Leucipo (450 a. C.) – filosófo
Acreditava que a matéria podia ser dividida em partículas cada vez
menores, até chegar-se a um limite.
Demócrito (470 a 380 a. C.) – filosófo
Dizia que a matéria eraformada por minúsculas partículas indivisíveis, as
quais foram denominadas de átomo (que em grego significa "indivisível") e
era combinação de átomos de 4 elementos: água, ar , terra e fogo.
Robert Boyle (1661) - cientista
Provar que a matéria não pode ser formada pelos clássicos quatro
elementos e apresenta a hipótese que a matéria e formada por átomos e
seus agrupamentos em movimento.Lavoisier (1785) – químico
Lei da Conservação da Massa



Estrutura Atômica
Histórico
Dalton (1808)- (métodos experimentais)
Afirmava que o átomo era a partícula elementar, a menor partícula que constituía a
matéria. Modelos "bola de bilhar".
1. O átomo era como uma minúscula esfera maciça, indivisível, impenetrável e
indestrutível.
2. Todos os átomos de um mesmo elemento químico sãoiguais, até mesmo as
suas massas (equívoco: isótopos).
3. Os átomos de um determinado elemento são diferentes dos átomos de outro
elemento e o que os diferencia são suas massas relativas.
4. Os átomos de um elemento podem se combinar com átomos de outros
elementos formando os compostos. Um dado composto possui sempre a
mesma proporção de tipos de átomos.
5. Os átomos não podem ser criados,divididos ou destruídos através de
processos químicos. Uma reação química simplesmente altera o modo de
agrupamento dos átomos.

Estrutura Atômica
Histórico

Experiência de Benjamin Franklin (1752)

Raios Catódicos



Estrutura Atômica
Histórico
Thomson (1897) - (métodos experimentais)
Descoberta do elétron:
Pesquisando os raios catódicos, o físico inglês J. J. Thomson demonstrou queos mesmos
podiam ser interpretados como sendo um feixe de partículas carregadas de energia elétrica
negativa, as quais foram chamadas de elétrons.
Ele conclui que os elétrons (raios catódicos) deveriam ser constituintes de todo tipo de matéria
pois observou que a relação carga/massa do elétron era a mesma para qualquer gás que fosse
colocado na Ampola de Crookes (tubo de vidro rarefeito noqual se faz descargas elétricas em
campos elétricos e magnéticos). Com base em suas conclusões, Thomson colocou por terra o
modelo do átomo indivisível e apresentou seu modelo, conhecido também como o "modelo de
pudim com passas":

Estrutura Atômica
Histórico
Rutherford (1911) - (métodos experimentais)
Da descoberta da radiotividade….

O modelo atômico de Rutherford é baseado nosresultados do bombardeamento de
uma lâmina muito fina (delgada) de ouro (Au) com partículas alfa (que eram
positivas).

Rutherford e seus colaboradores verificaram que, para aproximadamente cada
10.000 partículas alfa que incidiam na lâmina de ouro, apenas uma (1) era desviada
ou refletida.



Estrutura Atômica
Histórico
Rutherford (1911) - (métodos experimentais)

Com isso, concluíram queo raio do átomo
era 10.000 vezes maior que o raio do
núcleo. Comparando, se o núcleo de um
átomo tivesse o tamanho de uma azeitona,
o átomo teria o tamanho do estádio do
Morumbi.



Estrutura Atômica
Histórico
Rutherford (1911) - (métodos experimentais)
Mas, se o modelo de Thomson não explicava o experimento de Geiger-Marsden, que modelo
explicaria?
Se o átomo não era um pudim depassas, qual o objeto de nosso conhecimento macroscópico
que mais se aproximaria da realidade invisível do submicroscópico?
Em 1904, o cientista japonês Nagaoka Hantaro (1865 – 1950) desenvolvera um modelo para o
átomo baseado no planeta Saturno (o modelo saturniano). A estabilidade dos anéis de Saturno
se deve ao planeta possuir uma grande massa. Analogamente, Nagaoka propôs um modelo
para o...
tracking img