Estrutura da terra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1791 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTRUTURA DO UNIVERSO
A origem do planeta Terra está ligada à formação do sol, dos demais planetas do sistema solar e de todas as
estrelas a partir de nuvens de gás e poeira interestelar. Por isso, na investigação de origem e evolução do nosso
planeta, é necessário recorrer a uma análise do espaço exterior mais longínquo e às evidências do nosso passado
mais remoto.
•As milhares de estrelas sedispõem de maneira ordenada segundo hierarquias.
• As estrelas se agrupam primeiramente em galáxias (dimensões da ordem de 10 5 anos-luz), c = 3x105 Km/s.• A
estrutura interna das galáxias pode conter mais 100 bilhões de estrelas de todas as dimensões e particularidades
(quasars e buracos negros).• As galáxias agrupam-se nos chamados aglomerados, que podem conter dezenas de
galáxias.• O maior nívelhierárquico do universo é o superaglomerado composto por até dezenas de milhares de
galáxias e com extensões que atingem centenas de milhões de anos-luz.• A via Láctea é uma galáxia do tipo
espiral, pertencente ao aglomerado denominado Grupo Local. O sistema solar situa-se num de seus braços
periféricos. A via láctea possui também um núcleo central onde aparecem agrupamentos de estrelas jovens.Por meio do conhecimento da matéria, energia, radiações, partículas elementares e utilizando recursos de
simulações e modelagens, os cientistas reconstruíram com grande precisão as etapas da grande explosão ( BIG
BANG).
TEORIA DO BIG BANG
• Universo fechado
• densidade média > 6,5 g/cm30
• velocidade de expansão reduzir até anular-se
• implosão sobre si mesmo
Nesta situação toda matéria estaráreunida num espaço muito pequeno de densidade extremamente alta e pode
ter sido a situação de 15 bilhões de anos atrás. O ponto de partida de tudo o que nos diz respeito, um ponto
reunindo toda a matéria e energia do Universo, que explodiu no evento único e original, denominado pelos
físicos de BIG BANG.
• O sistema solar foi formado há apenas 4,6 bilhões de anos, quando o universo já contava de 8 a 10bilhões de
anos.• A nebulosa solar resultou da explosão de uma supernova, de massa estimada de até 8 vezes a massa solar
e que em sua fase final sintetizou os elementos pesados que hoje constituem o sol e seus planetas.• Portanto a
matéria constituinte dos corpos planetários do sistema solar possui certa quantidade de elementos pesados e
constituição química coerente.
SOL
• estrela de médiagrandeza
• há 4,6 bilhões de anos forma He da queima do H
• evoluirá para fase gigante vermelha, anã branca e por fim anã negra
• corpos pertencentes: planetas, satélites, asteróides, cometas, além de poeira e gás.
Os 4 planetas internos situam-se mais perto do sol e são rochosos e menores em tamanho. Os 4 planetas
externos são gigantes, possuem satélites gasosos com núcleos rochosos. Plutão o maisdistante é constituído por
um corpo congelado de metano, água e rocha. Destaca-se o cinturão de asteróides que separa esses dois grupos
de planetas.
METEORITOS
•São fragmentos de matéria sólida provenientes do espaço.
• por ocasião da entrada na atmosfera da Terra, os meteoritos se desintegram por atrito, apenas os maiores de
massas de algumas toneladas atingem a superfície da Terra.
METEOROS –(estrelas cadentes) – estrias luminosas que sulcam o céu e são observadas em noites escuras.
Os meteoritos subdividem-se em classes e subclasses de acordo com suas estruturas internas composição
química e mineralógica.
Dois aspectos sobre os meteoritos são importantes para a evolução primitiva do sistema solar:
• meteoritos condríticos para a acresção planetária (semelhante as rxs magmáticas).
• osignificado dos meteoritos diferenciados para a estrutura interna dos planetas.

Cronologia do BIG BANG, mostrando que tempo e espaço são grandezas físicas que nasceram junto com a
grande explosão.

Cratera formada pelo impacto de um meteorito de cerca de 150000 toneladas há 50000 anos, Arizona, EUA.

ESTRUTURA INTERNA DA TERRA
Não é possível ter acesso direto ás partes mais profundas da Terra...
tracking img