Estresse vivenciado pelo cuidador informal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIENCIAS, EDUCAÇÃO E LETRAS - FACEL


KARIN OSORIO FERES



















PROJETO: ESTRESSE VIVENCIADO PELO CUIDADOR INFORMAL



|Projeto de Pesquisa apresentado para a avaliação da Disciplina de |
|Metodologia da Pesquisa Científica. Curso de Pós-Graduação Gerontologia|
|em da FACEL.|
|Turma: 15/05/2010 |
| |
|Tutor Orientador (a): Mara Eli de Matos |
| |












CURITIBA/PR
2010
Assunto: Estresse vivenciado pelocuidador informal


1) Tema e Delimitação

Segundo STUART (2002) o envelhecimento não é exclusividade dos tempos modernos, mas somente nos últimos cem anos que se tornou algo comum.
Calcula-se que nos tempos pré-históricos a velhice era extremamente rara e, mesmo no século XVII, provavelmente apenas 1% da população vivia mais de 65 anos.
Atualmente com a própria evolução social há umaperspectiva que cerca de 70% da população ocidental consiga viver mais de 65 anos e 30%-40%, mais de 80 anos.
Porém nos deparamos com a seguinte situação, se a proporção de adultos mais velhos aumenta, então, por definição, a proporção de adultos mais jovens tende a diminuir e assim conseqüentemente a maioria dos deveres com esses adultos velhos que precisam de cuidados especiais, normalmente pelascaracterísticas e pelo envolvimento emocional esta tarefa recai sobre um aqueles mais próximos, tais como os cônjuges e filhos, ou seja, um cuidador informal..
Partindo assim desta premissa, fica evidente imaginar e tentar aferir o estresse vivenciado por tais pessoas que desenvolvem o encargo de cuidar de seus familiares com deficiências e de parentes idosos.

2) Problema

Como trabalharsobre a necessidade de transmitir informações e a forma de cuidar do idoso e bem como, que tipo de apoio emocional o cuidador merece receber, por estar sujeito a uma exposição contínua e prolongada de fatores estressores?
.

3) Justificativa

O tema pesquisado é considerado relevante devido ser o estresse hoje amplamente reconhecido como motivador de uma desordem que traz sériasconseqüências ao individuo.
A escolha do tema deu-se em função da necessidade de reconhecer que essa questão tende a se tornar um problema cada vez mais evidente. É crescente o contingente de idosos dependentes, uma vez que a expectativa de vida vem aumentando pelas próprias conquistas sociais, destacando as médicas.
O estresse é resultado de uma reação do indivíduo ao meio em que vive. Trata-se,portanto de uma reação à agressão recebida. Essas agressões são conhecidas como estressores.
Diversos eventos da vida de uma pessoa, eventos esses aos quais ela não consegue se adaptar ou necessita se adaptar que é o caso do cuidador informal podem se constituir um estressor.
Outra razão para pesquisar esse tema é que no Brasil existem poucos estudos sistematizados sobre o estresse do cuidadorinformal.






4) Objetivo

4.1 Objetivos Gerais

Identificar os estressores primários, a tensão secundaria associadas ao papel do cuidador.

4.2 Objetivos Específicos

Avaliar a sobrecarga emocional, a tensão, o estresse da pessoa que tem tal encargo, que sejam adequados à nossa realidade e que esses possam determinar que tipo de capacitação ele tenha necessidade, para que possaaumentar efetivamente seu bem estar que inclui no próprio desempenho de sua tarefa.
Buscar a identificação do tipo de trabalho será necessário para um adequado manejo tanto do cuidador como também do idoso.



5) Fundamentação Teórica

VIEIRA (2004) define cuidar como o ato de assistir alguém ou prestar-lhe serviço quando este necessita. É uma atividade complexa, com dimensões éticas,...
tracking img