Estresse ocupacional dos profissionais de uma clínica da família

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Estresse Ocupacional dos Profissionais atuantes em uma Clínica da Família do Município do Rio de Janeiro.
Simone Silva dos Santos1
Monica Mamedes Ferreira2

Resumo
Este estudo objetivou analisar os principais efeitos do estresse relacionados ao aumento da demanda espontânea, condições de trabalho e baixos salários. O instrumento visa identificar os fatores que levam á níveis de estresse tãoelevados aos profissionais que atuam em clínicas da família. Esta pesquisa utilizou a metodologia de caráter exploratório, com análise quanti-qualitativa, onde foi feito um levantamento documental, através de método de amostragem, identificando a ocorrência de estresse nas equipes que atuam em Clínicas da Família. O cenário da pesquisa foi realizada em uma Unidade Saúde com atendimento exclusivopelo SUS (Clínica da Família), localizada no Município do Rio de Janeiro. O instrumento utilizado na pesquisa de campo, foi um questionário semi estruturado, e os sujeitos da pesquisa foram os profissionais atuantes em Clínicas da Família do Município do Rio de Janeiro, cujo, o turno de trabalho é diário, totalizando em 40 horas semanais. Ao final da pesquisa, constatou-se que a demandaespontânea constitui como um dos fatores mais estressantes em uma clínica da família, seguidos de sobrecarga no trabalho e a insatisfação com o salário recebido, já que, além de terem que cumprir com os programas exigidos através de protocolos do Ministério da Saúde, ainda, tem a demanda espontânea que na maioria das vezes, estressam os profissionais pelo simples fato de acabarem não conseguindo dar contado que realmente é preciso.



Palavras –chaves: profissionais de saúde, atenção primária á saúde, estratégia de saúde da família, esgotamento profissional, estresse ocupacional.


Abstrat
This study aimed to analyze the main effects of stress related to increased spontaneous, working conditions and low wages. The tool aims to identify the factors that lead will stress levels so highthe professionals who work in clinics family. This research used a methodology exploratory, with quantitative and qualitative analysis, where a documentary survey was done through sampling, identifying the occurrence of stress in staff working in the Family Clinics.
The setting of the research was conducted in a health unit with exclusive service by SUS (Family Practice), located in themunicipality of Rio de Janeiro. The instrument used in the research field, was a semi-structured questionnaire, and the subjects were professionals working in the Family Clinics in the city of Rio de Janeiro, where the shift is daily, totaling 40 hours.
At the end of the survey, it was found that the spontaneous demand is one of the most stressful factors in a family clinic, followed by overwork anddissatisfaction with the salary received, since, in addition to having to comply with the programs required by protocols of the Ministry of Health also has a spontaneous demand that in most cases, stress professionals simply because end up failing to realize what is really needed.

Keywords: health professionals, primary health care, health strategy, burnout, occupational stress.Aluno do Curso de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho da UNIGRANRIO, Duque de Caxias. Rio de Janeiro. Brasil.
Mestre em Microbiologia na área de Bacteriologia Humana pela UERJ. Enfermeira com Habilitação específica em Saúde Publica UNIGRANRIO, Especialista em Obstetrícia, Pediatria e Neonatologia UERJ docente da Pós Graduação em Enfermagem do Trabalho na UNIGRANRIO, Duque de Caxias,em Rio deJaneiro. Brasil.
1-Considerações Iniciais: Situação problema, objeto, objetivo e metodologia.

O estresse tornou-se uma das principais áreas de preocupação das sociedades mais industrializadas, sendo já, um modo de vida assumido. Por ser o estresse um problema complexo que apresenta muitas implicações, tanto no nível familiar, quanto no social, no psicológico, e no trabalho, é que ele...
tracking img