Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do sul do brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4783 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Revista CPAQV - Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida - ISSN: 2178-7514 – v.3, n. 1, 2011

ESTILO DE VIDA DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE UMA INSTITUIÇÃO DO SUL DO BRASIL
1

Everton Fernando Alves1 Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Fábio Paixão

RESUMO Objetivou-se analisar o estilo de vida de estudantes de enfermagem por meio de um estudo exploratório, descritivo ecom abordagem quantitativa. Verificou-se que os estudantes ingeriam apenas dois grupos de alimentos (“verduras e frutas” ou “verduras e grãos”); 54,2% não praticava atividade física; 57,8% deles dormiam menos de sete horas/ dia; havia grande proporção de estudantes-trabalhadores; 9,9% de fumantes e a frequência do uso de tabaco foi de 52,6% fumando de 2 a 5 cigarros/ dia, e 26,3% fumando de 1 a 3maços de cigarros/ semana; 27,1% de estudantes etilistas e destes, 42,3% desses fazem o uso de álcool de 1 a 5 vezes/ semana, considerados bebedores moderados a graves. Conclui-se que, os estudantes não apresentam um estilo de vida saudável, colocando-os em risco de agravos a saúde. Palavras-chave: Estilo de vida, Estudantes, Enfermagem. ABSTRACT This study aimed to analyze the lifestyle ofnursing through an exploratory study, and described with quantitative approach. It was found that students ate only two food groups (“vegetables and fruits” or “vegetables and beans”); 54,2% did not practice physical activity; 57,8% of them slept less than seven hours/day; there was great proportion of student workers; 9,9% of smokers and the frequency of tobacco use was 52,6% smoked 2-5 cigarettes/day and 26,3% smoked 1-3 cigaretts masses/ week; 27,1% of students consumed alcohol and of these, 42,3% do so 1-5 times/ week, considered moderate to severe drinkers. It was concluded that students do not have ahealthy lifestyle, putting them at risk of harm to health. Keywords: Lifestyle, Students, Nursing.

INTRODUÇÃO A universidade se apresenta como um espaço para o ensino-aprendizagem quepromove um choque de mudanças na vida de muitos jovens recém-egressos que se afastam de seus lares e de seus antigos hábitos. Dessa forma, são adquiridos e reforçados novos hábitos refletindo num modelo para o estilo que esse estudante poderá levar por toda sua vida ou neles permanecer por tempo suficiente para afetar sua saúde (SANTOS e ALVES, 2009). O estilo de vida pode ser definido como “oconjunto de ações habituais que refletem os valores, as atitudes e oportunidades na vida das pessoas” (NAHAS,

Revista CPAQV - Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida - ISSN: 2178-7514 – v.3, n. 1, 2011

2003, p. 11). Mas, optar por uma vida saudável nem sempre é fácil devido influência por fatores culturais, sociais e religiosos, socioeconômicos, ambientais e educacionais. Apesar detodos esses fatores, o estilo de vida é visto como uma dimensão da Qualidade de Vida (QV) e de característica interdisciplinar (UCHOA; ROSEMBERG; PORTO, 2002). Assim sendo, em diversos cursos da saúde, apesar de os estudantes terem consciência de que a saúde tem relação direta com a QV muitos apresentam reduzida preocupação com seus próprios comportamentos de risco, direcionando nesta fase da vida,maior atenção às questões de acumulação de bens materiais, justificando os sacrifícios de ordem pessoal para alcançar objetivos materiais (SANTOS, 2004). Entretanto sabe-se que, uma das principais finalidades em manter um estilo de vida com menos comportamentos de risco é prevenir ou retardar o desenvolvimento prematuro de problemas de saúde, prolongando as porções saudáveis e independentes da vida(NAHAS, 2003; COELHO e SANTOS, 2006). Nos dias atuais, é possível que o estilo de vida seja um dos mais importantes determinantes de saúde da população estudantil. No entanto, apesar do acesso a informações de saúde a que eles possuem, os estudos comportamentais mostram que estudantes revelam cada vez mais novos comportamentos de risco e definições sobre estilo de vida (VIEIRA et al, 2002;...
tracking img