Estatistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2389 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP


ESTATÍSTICA
CIÊNCIAS CONTÁBEIS

GRAJAÚ-MA
2012

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
Centro de Educação a Distância




ESTATÍSTICA

Trabalho apresentado à disciplina de Estatística, do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera Educacional, como requisito para fixação conteúdo eobtenção de notas.

Orientador: Professor(a) Maria de Nazaré da Silva Coelho.

Semetre: 4º
Turno: Noturno

GRAJAÚ-MA
2012

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
Centro de Educação a Distância




ESTATÍSTICA

Trabalho apresentado à banca examinadora da Faculdade de Ciências Contábeis da AnhangueraEducacional, como requisito parcial à obtenção de nota, sob a orientação do(a) professor(a) Maria de Nazaré da Silva Coelho.

__________________________________
Prof. Presencial Maria de Nazaré da Silva Coelho
Anhanguera Educacional Ltda.

___________________________________
Prof. EAD Ivonete Melo de Carvalho
Anhanguera Educacional Ltda.

Resumo
A significância estatística de um resultado éuma medida estimada do grau em que este resultado é "verdadeiro" (no sentido de que seja realmente o que ocorre na população, ou seja, no sentido de "representatividade da população"). Mais tecnicamente, o valor do nível-p representa um índice decrescente da confiabilidade de um resultado. Quanto mais alto o nível-p, menos se pode acreditar que a relação observada entre as variáveis na amostra é umindicador confiável da relação entre as respectivas variáveis na população. Especificamente, o nível-p representa a probabilidade de erro envolvida em aceitar o resultado observado como válido, isto é, como "representativo da população". Por exemplo, um nível-p de 0,05 (1/20) indica que há 5% de probabilidade de que a relação entre as variáveis, encontrada na amostra, seja um "acaso feliz". Emoutras palavras, assumindo que não haja relação entre aquelas variáveis na população, e o experimento de interesse seja repetido várias vezes, poder-se esperar que em aproximadamente 20 realizações do experimento houvesse apenas uma em que a relação entre as variáveis em questão seria igual ou mais forte do que a que foi observada naquela amostra anterior. Em muitas áreas de pesquisa, o nível-p de0,05 é costumeiramente tratado como um "limite aceitável" de erro.

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO 7
INTRODUÇÃO E CONCEITOS INICIAIS 8
APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DE CONTROLE ESTATÍSTICODE PROCESSO 8
As possibilidades de aplicação da Estatística na área da administração 8
Amostragem 8
Amostra 8
Dados Coletados das Amostras de Pacote de Café 9
Amplitude Total 9
Tabela freqüência absoluta efreqüência relativa 9
Gráfico freqüência absoluta 10
Gráfico freqüência relativa 10
Medidas de tendência central 10
Medidas de dispersão 11
Variável peso de acordo com os dados coletados 11
Média 11
Moda 11
Mediana 11
Variância 11
Desvio Padrão 12
RESULTADO FINAL 12
CONCLUSÃO 12
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 13

Introdução

A Estatística remonta a antiguidade, onde operações decontagem populacional já eram utilizadas para obtenção de informações sobre habitantes, riqueza e poder dos povos. Na Europa Ocidental os governantes preocupavam-se com a difusão de doenças endêmicas, então começaram a obter e armazenar informações sobre batizados, casamentos e funerais. Entre os séculos XVII e XVIII os governantes viram a necessidade de coletar informações estatísticas referentesa variáveis econômicas como: comércio exterior, produção de bens e de alimentos.
O crescente uso da Estatística vem ao encontro da necessidade de realizar análises e avaliações objetivas. As informações nela contidas atuam na melhoria contínua de seus processos.
A estatística utiliza-se das teorias probabilísticas para explicar a freqüência da ocorrência de eventos, tanto em estudos...
tracking img