Estacas de madeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1540 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estacas de madeira - 1
As estacas de madeira são empregadas nas edificações desde a antiguidade. Atualmente, diante das dificuldades de se obter madeiras de boa qualidade, sua utilização é bem mais reduzida.
As estacas de madeira nada mais são do que troncos de árvores, bem retos e regulares, cravados normalmente por percussão, isto é, golpeando-se o topo da estaca com pilões geralmente dequeda livre. No Brasil a madeira mais empregada é o eucalipto, principalmente como fundação de obras provisórias. Para obras definitivas tem-se usado as denominadas “madeiras de lei” como, por exemplo, a peroba, a aroeira, a maçaranduba e o ipê.
A duração da madeira é praticamente ilimitada, quando mantida permanentemente submersa. No entanto, se estiverem sujeitas à variação do nível d’águaapodrecem rapidamente pela ação de fungos aeróbicos, o que deve ser evitado aplicando –se substâncias protetoras como sais tóxicos à base de zinco, cobre ou mercúrio ou ainda pela aplicação do creosoto. Neste tipo de tratamento recomenda-se o consumo de aproximadamente 15 kg de creosoto por m3 de madeira tratada quando as estacas forem cravadas em terra.
Durante a cravação a cabeça da estaca deve sermunida de um anel de aço de modo a evitar o seu rompimento sob os golpes do pilão. Também é recomendado o emprego de uma ponteira metálica para facilitar a penetração da estaca e proteger a madeira.
Do ponto de vista estrutural, a carga admissível das estacas de madeira depende do diâmetro e do tipo de madeira empregado na estaca. Pode-se no entanto, adotar como ordem de grandeza, os valoresapresentados na tabela 4.
Estacas de Madeira - 2
As estacas de madeira, empregadas como fundação indireta, são de madeira dura e resistente à ação do tempo. Em geral são troncos de árvore, redondos, lisos, descascados e retos. Devem ser tratadas antes de enterrá-las no solo com imunizadores contra insetos e fungos.
O enterramento das estacas é feito com um equipamento chamado bate-estaca, que suspendeum peso (o maço) e o deixa cair sobre a cabeça da estaca, enterrando-a um pouco em cada batida.
-------------------------------------------------
Estacas de Madeira - 3
A estaca de madeira é o tipo mais antigo de estaca que se usou e o mais simples. Geralmente é utilizado no Brasil o eucalipto como estaca de madeira. Além de fundação, também é usada para cimbramento. As estacas são cravadascom bate-estacas de pequenas dimensões e martelos leves, e a relação entre o peso do martelo e o peso da estaca deve ser a maior possível, e no mínimo em torno de 1.0. Suas emendas usualmente são em sambladura, anel metálico ou talas de junção (aparafusadas). As estacas de madeira devem ser utilizadas para pequenas cargas.

Estacas de madeira - 4
As estacas de madeiras devem ser de madeira dura,resistente, em peças retas, roliças e descascadas. O diâmetro da seção pode variar de 18 a 35 cm e o comprimento de 5 a 8 metros, geralmente limitado a 12 metros com emendas. No caso da necessidade de comprimentos maiores as emendas deverão ser providenciadas com talas de chapas metálicas e parafusos, devidamente dimensionados. Durante a cravação, as cabeças das estacas devem ser protegidas por umanel cilíndrico de aço, destinado a evitar seu rompimento sob os golpes do pilão, assim como é recomendável o emprego de uma ponteira metálica, a fim de facilitar a penetração e proteger a madeira. A vida útil de uma estaca de madeira é praticamente ilimitada, quando mantida permanentemente sob lençol freático (água). Caso esteja sujeita a variação de umidade apodrecerá rapidamente. De qualquermaneira a estaca deve receber tratamento de preservação para evitar o apodrecimento precoce e contra ataques de insetos xilófagos. As madeiras mais utilizadas são: eucaliptos, peroba do campo, maçaranduba, arueira etc.
Empiricamente, pode-se calcular o diâmetro mínimo de uma estaca de madeira em função do seu comprimento, usando a seguinte fórmula que aparece na figura.

A carga admissível...
tracking img