Estaca raiz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTACA TIPO RAIZ     RESULTADO FINAL DE UM BLOCO FORMADO POR ESTACAS RAIZ DIÂMETRO DE 400 mmTabela de Consumo de Estacas Raíz, meramente informativa para estimar o consumo de materiais, para dimencionamento da capacidade da estaca corretamente, consulte o seu consultor
O emprego deste tipo de estaca é indicado em todo tipo de fundação e em especial para fundações de equipamentos industriais,reforços de fundações, locais com restrição de pé direito ou dificuldade de acesso para equipamentos de grande porte, situações nas quais a execução possa provocar vibrações, em casos onde é preciso atravessar matacões ou blocos de concreto ou ainda quando existe necessidade de engaste da estaca no topo rochoso.   METODOLOGIA EXECUTIVA a)        Liberação formal da(s) estaca(s) a serem executada(s),no tocante à sua locação e cotas, de acordo com o desenvolvimento dos trabalhos. b)        Posicionar a perfuratriz.        c)         Verificar a verticalidade e/ou ângulo de inclinação de acordo com a característica da estaca.  d)        Centrar o tubo de revestimento no piquete de locação da estaca.   Perfuração Realizar a perfuração do solo por meio da perfuratriz rotativa ou roto-percussivacom a descida de tubo de revestimento; caso o tubo de revestimento encontre dificuldade para seu avanço, em razão da ocorrência de solos muito duros ou ainda plásticos, devem ser empregadas brocas de três asas, tipo tricone, para execução de pré-furo ou ainda para limpeza no interior. A circulação da água circulando pelo interior do tubo de revestimento e saindo por fora do mesmo transportando omaterial e chamada de circulação direta de água.   Descer o tubo, com auxílio de circulação de água (ou ar comprimido) injetada no seu interior, até a profundidade prevista no projeto.      MATERIAL SAIDO DO FURO PELA CIRCULAÇÃO DIRETA PERFURAÇÃO FEITA COM AUXÍLIO DE REVESTIMENTO E CIRCULAÇÃO DITETA DE ÁGUA PELO INTERIOR DO REVESTIMENTO SAINDO POR PRESSÃO DE BAIXO PARA CIMA O MATERIAL ESCAVADO PARAFORA A foto mostra o posicionamento do estropo de aço acoplado ao guindaste auxíliar da perfuratriz wirth no momento de içar o prolongamento do revestimento de 14", na parte de baixo é amarrada uma corda para guiar e colocar o tubo de revestimento metáligo pesado da posição horizontal para vertical. Na parte inferior é colocado um anel protetor da rosca do revestimento macho/fêmea, para evitar quepossíveis grandes impactos danifiquem e amassem a mesma empenando-a.Prolongamento do revestimento para continuidade da execução da estaca escavada nos trechos em solo.    Detalhe da manobra para colocação de outro revestimento. Observem o anel protetor onde o trabalhador esta segurando. Em seguida e retirado o anel de proteção para seu acoplamento rosqueado. Depois que perfuramos a 1a seção derevestimento, procedemos a colocação da 2a seção, tantas veses quanto for necessário. Procedemos da seguinte maneira : I) Descemos o cabo de aço e fixamos na parte da frente da nova seção do revestimento. Enquanto isso a parte traseira e amarrada uma corda e pelo menos 03 trabalhadores servem como um contra peso evitando o movimento pendular do revestimento. No exato momento em que ele foriçado.  II) O guincho da Perfuratriz Wirth  puxa o revestimento enquanto os 03 trabalhadores auxiliam na sua colocação.  III) Em seguida a nova seção do revestimento e colocada na posição vertical, a corda que estava amarrada em sua parte inferior é retirada, o guincho da Wirth posiciona o novo revestimento em contato com o revestimento já cravado rotativamente com auxílio de um homem para ajudar noposicionamento final entre o encaixe de suas roscas.   IV) A morsa superior trava o novo revestimento, em seguida o cabeçote do rotor e encaixado e passa a sustentar o novo revestimento e a própria Wirth, mecanicamente conclui o encaixe entre os revestimentos, fazendo o cabeçote girar.     Continuamos a furar o terreno e repetiremos o processo de prolongamento dos revestimentos, chamado de "Manobra",...
tracking img