Escola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1634 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Métodos de Estudo do Interior da Terra

* A força da gravidade varia com a latitude, altitude e com o relevo, e , ao determinar a força gravítica nos vários pontos da Terra, já com as correções relativas a estes 3 parâmetros seria de esperar que esta  fosse sempre igual, mas isso não acontece, dando assim origem a anomalias gravimétricas.
* As anomalias gravimétricas podem serpositivas ou negativas. Uma positiva corresponde a um ponto onde a força gravítica é maior, logo, os matérias que constituem o interior da terra nesse ponto são mais densos que o normal. Pelo contrário, uma anomalia negativa corresponde a um ponto da Terra onde a força gravítica é menor, sugerindo que os materiais que a constituem nesse ponto são menos densos que o normal
* As anomalias negativasou nulas nas montanhas são explicadas pelo facto de que o enorme volume que estas ocupam corresponde a uma densidade baixa, e para além disso, estas têm enormes raízes profundas formadas também por matérias pouco densos, que estão mergulhados num manto mais densos. Então, o enorme volume que ocupam é compensado pela baixa densidade que têm. Por vezes as raízes são tão grandes que fazem com que adensidade da zona montanhosa seja menor do que o normal, correspondendo assim a uma anomalia negativa

Sismologia – Estudo do comportamento das ondas sísmicas
* Se a Terra fosse homogénea, ou seja a composição e as propriedades físicas dos materiais fossem idênticas em qualquer ponto do Globo, a velocidade das ondas sísmicas deveria ser constante e a sua trajetória retilínea
*Mas, na realidade, a sua velocidade sofre alterações e as ondas são desviadas ou deixam de se propagar a partir de certa profundidade. Este fenómeno sugere que a constituição terrestre não é homogénea e fornece informações sobre as suas características

Densidade – Estudo da densidade Terreste
* É possível calcular a densidade através da razão entre a sua massa e o seu volume, dando cerca de5,5 g/cm3
* Como a densidade das rochas superficiais é 2,8 g/cm3 isto sugere que o interior da Terra é constituído por rochas altamente densas

Geomagnetismo – está relacionado com o campo magnético da terra
* Devido ao facto da Terra ter um campo magnético, ao formarem-se novas rochas a partir dos riftes, os seus minerais ferromagnéticos ficam orientados de acordo com a polaridadedesse mesmo campo.
* Ao estudar-se as rochas dos fundos marítimos verificou-se que não tinham todas a mesma orientação, o que sugere que ao longo do tempo o campo magnético terrestre foi-se invertendo.
* Para saber a polaridade da rocha em estudo, basta somar o campo paleomagnético com o campo magnético atual. Quando ambos os campos têm a mesma polaridade, ou seja, polaridade normal,sobrepõem-se, dando origem a uma anomalia positiva. Quando os 2 campos têm polaridade diferente, anulam-se parcialmente dando origem a uma anomalia negativa. Tendo em conta isto, podemos interpretar as anomalias dos fundos marítimos.
Portanto, o rifte no fundo oceânico expele magma que, ao solidificar, orienta os seus minerais ferromagnéticos de acordo com a polaridade dos campos, formando assimos 2 tipos de anomalia, com a formação constante de rocha nova. As mais antigas vão senso afastadas para longe do rifte, dividindo a rocha mais recente em 2, e vão ficando faixas de rochas com minerais orientados alternadamente entre anomalias positivas e negativas, devido à inversão da polaridade dos campos magnéticos ao longo do tempo. Estas faixas formadas em relação ao rifte vão ser simétricaspois com o movimento divergente entre duas placas, a subida e consolidação do magma à superfície ocorre de forma semelhante de ambos os lados do rifte.

Vulcanologia
 Tipos de Lava
* Encordoada – lava muito fluída que, ao arrefecer, à superfície forma um enrolamento, pois continua a ocorrem fluxo de lava por baixo, formando uma textura semelhante a cordas enroladas
* Escoriácea –...
tracking img