Erisipela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1931 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A agressão ao sistema linfático é comum, envolvendo diferentes agentes físicos, químicos e biológicos, sendo a manifestação clínica mais intensa quanto maior for o comprometimento primário e acentuado do mesmo. Dependendo da sua profundidade e local que atingem, bem como do agente agressor e do quadro clínico, tem diferentes denominações. A penetração de microorganismos em diferentes tecidos podelevar a infecções superficiais e profundas da pele, cuja gravidade vai depender da virulência do agente agressor e da defesa do hospedeiro, relacionada à sua imunidade.
As linfangites são quadros clínicos de agressão aos linfáticos tronculares superficiais e/ou profundos causados por diferentes agentes. São caracterizadas por hiperemia dos coletores linfáticos superficiais em direção aoslinfonodos regionais e podem se apresentar com linfoadenomegalia dolorosa, refletindo o componente inflamatório e/ou infeccioso da doença, passando despercebidas quando comprometem os linfáticos profundos.
A erisipela é a mais frequente das linfangites, com quadro clínico específico que reflete o acometimento de capilares linfáticos da derme (linfangite superficial difusa), geralmente exuberante, porStreptococcus beta-hemolíticos do grupo A e, mais raramente, por outras bactérias. É encontrada no mundo inteiro, sendo 10-100 casos/100.000 habitantes, em todas as camadas sócio-econômicas, porém predominando em populações mais pobres e em locais de clima quente e úmido, no verão, mais em adultos. Predomina (85%, em média) nos membros inferiores, sendo mais rara nos membros superiores e na face,bem como em localizações atípicas, como abdome e coxa, geralmente em pacientes portadores de obesidade ou com imunidade comprometida.
Já a celulite é um processo inflamatório agudo e disseminado, que compromete mais o tecido celular subcutâneo (hipoderme), causada por diferentes agentes infecciosos ou não e comum a várias doenças, complicando esmagamentos, infecções cutâneas e cirúrgicas,podendo comprometer a musculatura subjacente e com pouca manifestação na derme.

O tecido reage visando destruir, diluir e bloquear o agente agressor, com alteração físico-química da estrutura tecidual no local. Essa alteração pode levar minutos, horas ou dias, e o quadro clínico varia de acordo com a virulência do agente agressor e da capacidade imunológica do paciente. Vasodilatação e exsudação delíquido e proteínas plasmáticas, com migração de leucócitos, levam ao edema, calor, rubor e dor no local. O tumor pode ocorrer pelo acumulo de material purulento, rico em leucócitos e restos celulares e a fase supurativa pode levar à necrose e proteólise celular, com liquefação e formação do pus, que se deve à corrosão causada nos tecidos pela luta do agente agressor com as células de defesa doorganismo. Pode haver diminuição da perfusão pela compressão mecânica pelos exsudatos, aumentando a área de necrose, o que piora a inflamação, a dor e a decomposição tecidual. Alguns fatores predispõem e/ou agravam a doença, como condição socioeconômica precária, tabagismo, alcoolismo, diabete melito, neoplasias, imunodepressão, descompensação cardíaca, doenças veno-linfática e arterial, obesidade efatores locais, que são as portas de entrada para o agente agressor, como micoses interdigitais, mau perfurante plantar, pequenos traumas e úlceras.
As linfangites podem ser classificadas como primárias, quando o fator causal não é identificado, e secundárias, quando correlacionamos o quadro clínico a um agente causal identificável. Os agentes causais podem ser físicos, químicos ou de naturezabiológica, além de envolvimento de linfáticos por infiltração neoplásica ou em doenças do tecido conjuntivo de caráter auto-imune.
Os agentes físicos compreendem diferentes graus de traumas da pele e dos tecidos, incisões cirúrgicas e diferentes tipos de queimaduras (calor, frio, corrente elétrica, irradiação, ondas curtas, ultra-som, laser).
Os agentes químicos podem atuar por contato...
tracking img