Epas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumario








1° Edema Agudo De Pulmão______________________________06
2° Etimologia e Fisiopatologia____________________________07
3º Tratamento_________________________________________08
4° Conclusao__________________________________________10

5° Referencias_________________________________________11



























ETIOLOGIA EFISIOPATOLOGIA

É de suma importância que o médico identifique o fator precipitante, o que permite uma rápida intervenção, inclusive para prevenção de novos episódios. Em pacientes com disfunção diastólica, pequenas mudanças tanto na pré-carga como na pós-carga podem levar ao aumento das pressões de enchimento e à congestão pulmonar. O EAP pode ocorrer devido a sobrecarga de volume e/ou pressão,alteração primária do relaxamento miocárdico e redução do tempo de enchimento diastólico. Dentre as causas mais comuns de EAP, podemos citar as síndromes coronarianas agudas, crises de hipertensão arterial sistêmica, infecções e arritmias cardíacas. Não se deve esquecer de avaliar fatores, por vezes mais comuns que os anteriormente citados, como a ingesta excessiva de água e sal, má adesão ao tratamentomedicamentoso e uso de outras medicações (anti-inflamatórios não hormonais, por exemplo). Mesmo com toda a abordagem, em 20 a 50% dos casos de EAP não se encontra um fator precipitante associado.
O exato mecanismo que ocasiona o EAP ainda é alvo de pesquisas. Basicamente, a alteração aguda do relaxamento miocárdico leva a um aumento da pressão diastólica final de VE, que se transmite ao átrioesquerdo e, consequentemente, ao sistema venoso e capilar pulmonar. A resposta adaptativa dos vasos linfáticos em remover o excesso de líquido presente é insuficiente, causando edema de interstício e posterior extravasamento do líquido para o espaço alveolar, prejudicando a troca gasosa e gerando o quadro de insuficiência respiratória aguda com hipoxemia.
Alguns autores têm enfatizado que episódios dedescompensação aguda em pacientes com FE normal devem-se a reduções transitórias da função sistólica. Estudos recentes demonstram que pacientes com EAP possuem algumas anormalidades sistólicas, como a redução da contratilidade do eixo longitudinal do VE. No entanto, o grau de anormalidade da função sistólica desses pacientes é considerado baixo para contribuir na ocorrência de EAP.

ACHADOSCLÍNICOS

Classicamente, os pacientes que se apresentam no serviço de emergência com EAP têm a dispneia como queixa principal. Em até 62% dos casos, o quadro de dispneia iniciou-se há mais de 1 semana, porém com piora progressiva. O EAP compreende um quadro clínico dramático em que, na maioria das ocasiões, o paciente apresenta-se extremamente ansioso, desconfortável e com sensação de morteiminente.
O diagnóstico de EAP é essencialmente clínico, e alguns sinais podem mensurar sua gravidade. Dentre esses sinais, podemos observar intensa taquipneia, ortopneia, taquicardia, tosse, uso de musculatura ventilatória acessória, presença de secreção rósea em via aérea, cianose, edema de extremidades, hipoxemia (saturação de oxigênio menor que 90% em ar ambiente), estase jugular a 45°, respiraçãoparadoxal e rebaixamento do nível de consciência. Achado quase sempre presente é a hipertensão arterial sistêmica. A maioria dos pacientes apresenta pressão arterial sistólica (PAS) > 140 mmHg, e cerca de 20 a 40%, > 180 mmHg, ajudando inclusive a estabelecer o diagnóstico de EAP hipertensivo. Quando a PAS encontra-se menor que 90 mmHg e há a presença de sinais de baixo débito, considera-se que opaciente se apresenta com congestão pulmonar devido ao choque cardiogênico.


07
Na ausculta cardíaca, a presença de B4 indica alteração do relaxamento, assim como a hiperfonese de P2 devido ao quadro de hipertensão pulmonar. Achados como sopros sistólicos e/ou diastólicos podem fornecer dicas sobre outras possíveis etiologias e/ou doenças valvares associadas. Da mesma forma, a...
tracking img