Enzimas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2021 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TRIGLICÉRIDES ENZIMÁTICO LÍQUIDO
FINALIDADE
Sistema enzimatico para determinação dos
triglicérides no plasma ou soro.
Somente para uso diagnóstico in vitro.
PRINCÍPIO
Os triglicérides no soro são quantificados através
das seguintes reações enzimáticas:
1- Triglicérides
2- Glicerol + ATP
3- Glicerol-3-fosfato
+ H2O2.

Lipase

Glicerol + Ácidos graxos.

Glicerol quinaseGlicerol-3-fosfato + ADP.

Glicerol-3-fosfato oxidase

4- H2O2 +4-clorofenol + 4-aminoantipirina

Dihidroxiacetona

Peroxidase

4- Antipirilquinonimina + 4H2O

O produto formado pela oxidação da
4-Amino antipirina (4-Antipirilquinonimina) é
de coloração avermelhada e sua intensidade
diretamente proporcional à concentração de
triglicérides no soro. A cor vermelha formada
pela reação émedida em espectrofotômetro
ou fotocolorímetro com absorção máxima em
510nm ou filtro verde.
REAGENTES
Reagente de Cor: P ipes 50mmol/L, pH 7,5
c ontendo 6mmol/L de 4-clorofenol, Cloreto
d e Magnésio 5mmol/L, 4-Aminoantipirina
0,75mmol/L, ATP 0,9mmol/L, Lipase > 2.200.000
nkat/L, Glicerol Quinase > 25.000nkat/L, Glicerol3-Fosfato Oxidase > 67.000nkat/L e Peroxidase >
13.800nkat/L.
Soluçãopadrão 200mg/dL: solução de glicerol
estabilizado equivalente a 200mg/dL em termos
de trioleína.
APRESENTAÇÃO
Ref. A
Reagente de Cor
Solução Padrão

2 x 100mL
1x
3mL

Ref. B
Reagente de Cor
Solução Padrão

2 x 250mL
1x
3mL

NÚMERO DE TESTES
Ref. A
Manual
Automação
Ref. B
Manual
Automação

BIOQUÍMICA CLÍNICA

Protocolos de automação encontram-se
disponíveis no siteDoles ou através do
Serviço de Atendimento ao Consumidor.
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS
NÃO FORNECIDOS
• Espectrofotômetro ou fotocolorímetro capaz de
medir a absorvância em 510nm ou filtro verde.
• Tubos de ensaio.
• Pipetas graduadas.
• Pipetas semiautomáticas 10µL .
• Ponteiras descartáveis.
• Banho maria(370C).
• Cronômetro.
ARMAZENAMENTO E ESTABILIDADE DOS
REAGENTESReagente de Cor : armazenar à temperatura de
2-8oC. Estável até a data de vencimento indicada
no rótulo do frasco, obedecidas as condições de
armazenamento. Ao longo do tempo, a solução
pode adquirir tonalidade rósea, não interferindo
nos resultados.
Solução padrão 200mg/dL: a rmazenar
à temperatura de 2-8oC. Estável até a data
de vencimento indicada no rótulo do frasco,
obedecidas ascondições de armazenamento.
CUIDADOS E PRECAUÇÕES COM O USO DOS
REAGENTES
Reativos para u so diagnóstico i n vitro ,
devendo-se portanto manuseá-los com cuidado,
evitando o contato com a pele e mucosas. O
Reagente de Cor contém em sua formulação
4-clorofenol (cáustico) e azida sódica. Em caso de
contaminação acidental, lavar abundantemente a
parte afetada em água corrente. O descarte domaterial utilizado deverá ser feito obedecendo-se
os critérios de biossegurança estabelecidos pelo
laboratório, de acordo com as normas locais,
estaduais ou federais.
O Reagente de Cor deve ser manipulado com
cuidado, evitando a introdução de pipetas
n o mesmo. Pipetas contaminadas com
detergentes podem levar à deterioração
do mesmo.
Observar a simbologia
constante nos rótulos
do produto:Irritante

200 testes
800 testes
500 testes
2000 testes

SAC: (62) 3269 0000 (Grande Goiânia)
SAC: 0800 644 6433 (Demais localidades)

AMOSTRA
Soro ou plasma (colhido com EDTA/heparina).
Os triglicérides são estáveis na amostra por 4
a 5 dias sob refrigeração(2-8oC). Mantendose a amostra congelada (10oC negativos), a
estabilidade se prolonga por 60 dias, devendo ser

1/4 descongelada apenas uma vez. O sangue deve
ser colhido após jejum de 12-14 horas.
Coletas pós-prandiais mostram varia ções
superiores a 100% sobre o triglicérides basal.
O consumo habitual de álcool é seguido de
e levação nos níveis de triglicérides sérico.
Recomenda-se a não ingestão de álcool nas 72
horas que antecedem a coleta.
As amostras lipêmicas devem ser homogeneizadas
antes da...
tracking img