Entrvista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estivemos à conversa com Manuela Cruz, reformada, de 66 anos a qual aceitou conversar acerca do tema “A leitura e os livros”.
Tens hábitos frequentes de leitura?
- Completamente! É um dos meushobbies preferidos.
Desde que idade te interessas pela leitura?
- A partir dos 40 anos, sensivelmente, foi quando me comecei a interessar mais pela leitura, apesar de já em criança ler um pouco. Quando eramiúda, à noite depois de me ir deitar voltava a acender as luzes e punha-me a ler debaixo dos cobertores. Os meus pais, de vez em quando, lá me apanhavam mas eu voltava a fazê-lo.
Quando eras criançaas pessoas tinham acesso aos livros, como hoje em dia?
- Não porque a maioria dos livros eram caros e, há 50 anos, as pessoas como não tinham tanta informação também não tinham tanto interesse.
Achasque nessa altura as pessoas liam mais ou menos do que agora?
- Liam menos, mas o meu pai lia muito. Ele, apesar de ser uma pessoa com pouca instrução (só tinha o 4º ano), sabia falar sobre todos ostemas porque era uma pessoa que lia muito. (emocionada)
Agora que estás reformada, lês mais?
- Sim porque tenho mais disponibilidade.
Como é que os teus gostos literários se alteraram ao longo dotempo?
- Com o surgir de novas tecnologias, os meus gostos alargaram-se um pouco devido aos filmes e às series televisivas. Por exemplo, há10/15 anos, eu não leria “Os Jogos da Fome” mas como vi o filme egostei, li os livros.
Lês outras coisas para além de livros?
- Sim, revistas “cor-de-rosa”. A minha filha compra muitas e depois de as ler dá-mas.
Qual foi o último livro que leste?
- “A viela daduquesa” de Sveva Casati Modignani.
Gostavas de, um dia, escrever um livro?
- Sim, sim. (entusiasmada) Gostava de ter capacidade para o fazer e se possível que tivesse uma aceitação razoável.
Se a tua vidafosse descrita ou se a escrevesses num livro, como o intitulavas?
- Isso tem que se lhe diga! (muito pensativa) Provavelmente seria “Lembrar o lado bom da vida” ou “Aproveitar o lado bom da vida”...
tracking img