Entre receitas e simpatias, doces e venenos: o uso de video na pesquina etnográfica.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6947 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Título: Entre receitas e simpatias, doces e venenos: o uso do vídeo na pesquisa
etnográfica1
Autor: Mariana Leal Rodrigues
Programa de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPCIS-UERJ)
Resumo:
Uma vez por semana, um grupo de mulheres se encontra na cozinha comunitária de uma
igreja para produzir e distribuir medicamentos naturais a preço de custo. Duas vezes por
ano,dezenas de grupos similares se encontram e trocam receitas e experiências. Essa é a
dinâmica da Rede Fitovida, uma articulação de cento e oito grupos que produzem remédios
com ervas medicinais de maneira comunitária no estado do Rio de Janeiro. São formados
majoritariamente por mulheres com 60 anos ou mais, pertencentes às classes populares e,
em geral, se reúnem nos espaços cedidos pelasigrejas.
O principal instrumento de coleta de dados da pesquisa Mulheres da Rede Fitovida: ervas
medicinais, envelhecimento e associativismo foi uma câmera de vídeo digital. A
dissertação de mestrado e o documentário Curandeira é a Vovozinha! são dois produtos
complementares porém independentes. O uso da câmera de vídeo permitiu reunir um
material etnográfico significativo sobre a inserção demulheres de baixa renda em redes
associativas, sobre a produção de suas identidades de gênero e de geração através da
construção de um “saber compartilhado”.
A construção de uma etnografia utilizando recursos audiovisuais evidencia uma perspectiva
teórica e, ao mesmo tempo, o processo de colaboração que envolve a pesquisa e o registro
audiovisual. Nesse artigo busco descrever de que forma o usode equipamento audiovisual
condicionou o processo de investigação e promoveu uma colaboração entre as partes na
pesquisa realizada.
Palavras-chave: documentário etnográfico; plantas medicinais; envelhecimento.

1

Trabalho apresentado na 26ª. Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 01 e 04 de junho,
Porto Seguro, Bahia, Brasil.

1

Uma vez por semana, um grupo demulheres tem encontro marcado na cozinha de uma
igreja na Baixada Fluminense. Elas produzem e distribuem medicamentos naturais a preço
de custo. Duas vezes por ano, dezenas de grupos similares se encontram e trocam receitas e
experiências. Essa é a dinâmica da Rede Fitovida, uma articulação de cento e oito grupos
que produzem remédios com ervas medicinais de maneira comunitária, formadamajoritariamente por mulheres com 60 anos ou mais, pertencentes às camadas populares2.
Estas mulheres já atuavam no ambiente familiar e na vizinhança vendendo suas
preparações medicamentosas − são xaropes, ungüentos, sabonetes, xampus, tinturas etc,
feitos com ervas medicinais. Na medida em que passaram a se organizar em grupos e em
rede, começaram a atuar também no espaço público, prestandoatendimentos voluntários
em saúde preventiva. Esta transição modificou o modo como trabalham e transmitem seu
conhecimento, valorizando a figura das mulheres mais velhas como detentoras de um
saber.
O vídeo digital foi o principal instrumento da pesquisa Mulheres da Rede Fitovida: ervas
medicinais, envelhecimento e associativismo3. O uso da câmera de vídeo permitiu reunir um
material etnográficosignificativo sobre a inserção de mulheres de baixa renda em redes
associativas, sobre a produção de suas identidades de gênero e de geração através da
construção de um “saber compartilhado”.

A construção de uma etnografia utilizando

recursos audiovisuais evidencia uma perspectiva teórica e, ao mesmo tempo, o processo de
colaboração que envolve a pesquisa e o registro audiovisual.
Nesseartigo, analiso de que forma o uso de equipamento audiovisual condicionou o processo de
investigação e promoveu uma colaboração entre as partes na pesquisa realizada. Ou seja, registro
2

Não tive a intenção de analisar a questão sob o prisma dos estudos de religião. Embora a inserção nas
Comunidades Eclesiais de Base seja uma dimensão importante para a compreensão do fenômeno no estado
do...
tracking img