Ensaio sobre cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1158 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As raízes da alta cultura podem ser facilmente encontradas no iluminismo, este movimento propôs o universalismo, que seria um ideal onde se deve buscar e valorizar tudo o que é universalmente humano, e onde reina a razão. Falamos então de uma cultura iluminista, que a principio, portava a nomenclatura de civilização – projeto iluminista de emancipação total e racional da humanidade.
O termocultura, de origem germânica, indicava características ancestrais de um grupo específico, valorização da espiritualidade de uma pessoa com relação ao seu grupo, é mais particularista do que a idéia de civilização. Este termo reflete o refinamento de um individuo ou pequeno grupo social.
Enquanto o termo cultura ressaltava o ancestral, o espiritual e o particular. Civilização ressaltava o futuro, oracional e o generalista. O fato é que a palavra cultura acabou por ser usada para designar tanto a visão de civilização Francesa quanto a de cultura Germânica.
Cultura não pode ser entendida como apenas um conjunto de praticas concretas e visíveis, as praticas estão subordinadas a um ideal futurístico, portanto mais do que atos prontos, cultura é uma busca, lapidação e construção de algumprojeto. Mesmo a valorização da ancestralidade, é uma concepção ideal, onde os elementos do passado são romanizados, e tidos como perfeitos, estes são projetados como meta futurística a se seguir. Portanto toda idéia de cultura, é um conjunto de praticas tributárias de um ideal a ser seguido.
O caminho do termo cultura, foi a de se manter os dois sentidos, onde de maneira simples, podemos conceber oancestralismo como sendo característicos de sociedades tradicionais, e o futurismo racional como sendo característico de alta cultura. Portanto as sociedades modernas projetam a idéia de que devem levar este racionalismo universalista para as sociedades tradicionais, tidas como menos desenvolvidas e inferiores.
Apesar de atualmente a alta cultura manter esse caráter universalista, podemosdistinguir dois movimentos diferentes deste processo.
Um está historicamente ligado ao próprio começo dos ideais iluministas, o universalismo se apresentava como um ideal racionalista, a busca de uma racionalidade pertencente a humanidade como um todo, e não a um grupo social específico, este racionalismo estava revestido de otimismo e crença na libertação por intermédio do bom uso do intelecto.
Umsegundo movimento, podemos colocar no fim da segunda guerra mundial, onde todo discurso racional libertário se desfaz, o universalismo que se observa dês de então, é o da necessidade e satisfação, ou seja, todos os humanos possuem as mesmas necessidades, a saber, ter saúde ocupacional e ter prazer rápido. A humanidade não dá mais créditos em discursos libertários racionalistas, acreditamos emsaúde e prazer rápido, e realizamos estas necessidades obtendo algum elemento que se transformou em mercadoria. Observamos que no passado a realização de necessidades era obtida participando de rituais, em sua maioria místicos e religiosos, houve a passagem deste momento para um momento onde a realização de necessidades se dá por meio de transformações ou reformas de fundamentação racionalista, hoje arealização de necessidades de dá pela compra de alguma mercadoria, produto ou serviço, que possui em si, a promessa do bem estar.
Constatamos que todo grupo social estabelece o seu ideal, e praticas para se atingir este, portanto cada sociedade estabelece sua cultura. Entretanto estes ideais não são somente definidos pelo que se acredita ser o correto, os ideais são também o contraste entre asculturas, e quando se contrasta, necessariamente se estabelece um discurso sobra a cultura do outro, esta dinâmica pode ser considerada uma guerra cultural.
Quando se faz este contraste, se identificam posicionamentos equivocados, a saber, formulam-se idéias generalistas do outro, isto é, passo a querer encaixar todas as possíveis variações culturais do outro em um discurso esquemático e...
tracking img