Ensaio de encruamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ENSAIO DE ENCRUAMENTO



1.Objetivo .......................................................................................Página 2
2.Introdução ...................................................................................Página 3
3.Materiais.......................................................................................Página 3
4 Fundamentaçãoteórica...............................................................Página 4-5-6
5.Resultados ..................................................................................Página 7
6.Conclusões .................................................................................Página 7
7.Referências Bibliográficas ..........................................................Página 8
















1. ObjetivoO experimento de encruamento consiste em observar experimentalmente o fenômeno encruamento com corpos de prova diferentes, comparando os valores de dureza antes da deformação plástica, onde ocorre o fenômeno, e após ocorrer tal deformação, anotando as suas dimensões antes e depois da experiência.


















2. Introdução


O encruamento de um metal pode serdefinido como sendo o seu endurecimento por deformação plástica.

Os períodos de relaxação para alguns processos atômicos significativos em cristais são tão extensos que o equilíbrio completo é raramente atingido, por este motivo que os metais apresentam a particularidade bastante útil de encruamento por deformação. O encruamento por deformação plástica é um dos mais importantes métodos de endureceros metais. A figura 1 mostra o comportamento de um sólido elastoplástico, onde o tempo de relaxação é curto e a tensão é independente da deformação depois de atingir o seu estado de equilíbrio, e de um sólido cristalino real deformado plasticamente, tornando-se mais resistente e uma tensão ainda maior é necessária para sua deformação. Isso é chamado de encruamento. O encruamento ocorre basicamenteporque os metais se deformam plasticamente por movimento de discordâncias e estas interagem diretamente entre si ou com outras imperfeições, ou indiretamente com o campo de tensões internas de várias imperfeições e obstáculos. Estas interações levam a uma redução na mobilidade das discordâncias, o que é acompanhada pela necessidade de uma tensão maior para provocar maior deformação plástica.3. Materiais

Materiais:
• Aço recozido 1020
• Máquina para ensaio de encruamento
4. Fundamentação Teórica

Teoria de Taylor
Em contraste com a teoria de Polanyi-Orowan, Taylor propôs uma teoria “estática”, baseada
num arranjo regular de baixa energia formado por colunas paralelas de discordâncias retas em
cunha tais que o sinal das discordâncias se invertia em colunas vizinhas. Estearranjo especial
recebe o nome modernos de “reticulado de Taylor”


Representação esquemática de um reticulado de Taylor.

Considerando um reticulado quadrado de espaçamento ℓ o modelo pode ser resumindo
da seguinte forma: como as discordâncias não podem se formar no interior do cristal, elas
devem vir ou da superfície ou de um contorno de grão, situado a uma distância L. Desta forma,
paraproceder à deformação plástica uma discordância em média deve viajar uma distância L/2, produzindo uma deformação dada por:



onde b representa o vetor de Burgers da discordância e representa a densidade de
discordâncias no reticulado (medida em unidades de comprimento de linha de discordância por
metro cúbico de cristal), que ´e dada em função do espaçamento do reticulado por:A seguir Taylor procedeu a uma analise cuidadosa das tensões geradas pelo arranjo de
discordâncias mostrando que a tensão necessária para deslizar as colunas relativamente umas as
outras de forma a produzir mais deformação¸ não plástica é inversamente proporcional a separação
entre as colunas:

onde C ´e uma constante. Desta forma se obtém a famosa equação de Taylor:

onde ´e uma...
tracking img