Engenharia concorrente e colaborativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7318 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Engenharia Concorrente e Colaborativa
Ferramentas ICT em Literatura

Mestrado Engenharia Gestão Industrial

Grupo 1:
André Rafael 21186
Licínio Macário 21187
Rita Castro 21184
Tiago Teixeira 21183

INDICE

PARTE I – INTRODUÇÃO 4
Enquadramento 4
Objectivo do Trabalho 5

PARTE II – REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 6

2.1 - Introdução à Engenharia Concorrente e Colaborativa e aosGrupos de Trabalho 6
2.1.1 - Engenharia Concorrente 6
2.1.2 - Grupos de Trabalho 8
2.1.3 - Características do Grupo 8
2.1.3 - A cultura do grupo 8
2.1.4 - A estrutura do grupo 9
2.1.5 - As classificações do grupo 9
2.1.6 - A resolução dos Conflitos entre os membros do grupo 10
2.1.7 - O Líder 10

2.2 - Tipos de Comunicação – Assíncrona e Síncrona 11
2.2.1 - ComunicaçãoAssíncrona 11
2.2.2 - Comunicação Síncrona 11

2.3 - Ferramentas de Comunicação num Ambiente Cooperativo 12
2.3.1 - Reunião e Conferência 12
2.3.1.1 - Processo de Reunião 13
2.3.1.3 - Funcionamento das reuniões / Protocolos 14
2.3.1.4 - A gestão da informação 14
2.3.2 – Videoconferências 15
2.3.3 - Salas de Reunião Electrónica 17
2.3.4 - Correio Electrónico ou e-mail 17
2.3.5 -Editores Cooperativos 19
2.3.6 - Sistemas de Gestão de Documentos 21
2.3.7 - Workflow 22
2.3.9 - Suporte Básico para Trabalho Cooperativo – BSCW 23
2.3.10 - CSCW 23
2.3.11 - Softwares de Gestão de Projectos 25

2.4 – As Redes Sociais 28
In Collaboration and communication tools to implement radical management 28
2.4.1 - O Twitter 28
2.4.2 - O Facebook 29
2.4.3 -  O orkurt 30
2.4.4- O YouTube 30

PARTE III – Tabela síntese de pesquisa artigos e revistas científicas. 31
Tabela de Programas 32

PARTE IV – CONCLUSÕES 35
FONTES DE INFORMAÇÃO 38


ANEXOS 39
Anexo I - Protocolo de funcionamento do grupo 39
Anexo II – Actas das reuniões 40

PARTE I – INTRODUÇÃO

Enquadramento

Chamam-se de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) as tecnologias emétodos para comunicar surgidas no contexto da Revolução Informacional, "Revolução Telemática" ou Terceira Revolução Industrial, desenvolvidas gradativamente desde a segunda metade da década de 1970 e, principalmente, nos anos 1990. A imensa maioria delas caracteriza-se por agilizar, horizontalizar e tornar menos palpável (fisicamente manipulável) o conteúdo da comunicação, por meio da digitalizaçãoe da comunicação em redes (mediada ou não por computadores) para a captação, transmissão e distribuição das informações (texto, imagem estática, vídeo e som). Considera-se que o advento destas novas tecnologias (e a forma como foram utilizadas por governos, empresas, indivíduos e setores sociais) possibilitou o surgimento da "sociedade da informação". Alguns estudiosos já falam de sociedade doconhecimento para destacar o valor do capital humano na sociedade estruturada em redes telemáticas.
Com o desenvolvimento da competição global, começaram a existir várias necessidades para as empresas, como:
* A redução do tempo de desenvolvimento dos produtos;
* A melhor qualidade e o desempenho dos produtos;
* A redução dos custos dos produtos;

Objectivo do Trabalho

Estudoaprofundado de Literatura (Revistas Científicas) acerca das ferramentas ICT referenciando uma abordagem histórica e sua evolução. Descrição pormenorizada das diferentes tecnologias de informação e comunicação, a sua aplicação prática, vantagens e desvantagens das diferentes ferramentas.
Abertura das mentalidades estudantis para o novo mundo das tecnologias de informação e comunicação, partindo de umaabordagem de Engenharia Concorrente e Colaborativa e aplicando-as na própria execução do trabalho, preparando o aluno para uma abordagem Concorrente e Colaborativa no âmbito do mercado de trabalho envolvendo essas mesmas tecnologias de Informação e Comunicação.

PARTE II – REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

2.1 - Introdução à Engenharia Concorrente e Colaborativa e aos Grupos de Trabalho

2.1.1 -...
tracking img