Eng eletrica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1437 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A fim de se evitar falsas expectativas sobre os sistemas de proteção e desmistificar muitas crenças populares, faz-se os seguintes esclarecimentos:
1- A descarga elétrica atmosférica (raio) é um fenômeno da natureza absolutamente imprevisível e aleatório, tanto em relação às suas características elétricas (intensidade de corrente, tempo de duração, etc.), como em relação aos efeitos destruidoresdecorrentes de sua incidência sobre as edificações.
2- Nada em termos práticos pode ser feito para se impedir a “queda” de uma descarga em determinada região. Não existe “atração” a longas distâncias, sendo os sistemas prioritariamente receptores. Assim sendo, as soluções internacionalmente aplicadas buscam tão somente minimizar os efeitos destruidores a partir da colocação de pontospreferenciais de captação e condução segura da descarga para a terra.
3- São crenças populares e sem fundamento científico as seguintes frases:
a) A instalação do pára-raios vai atrair os Raios para a edificação;
b) A instalação do pára-raios vai descarregar a nuvem e evitar que o raio caia;
c) Um raio não cai duas vezes no mesmo local;
d) O pára-raios do vizinho está protegendo o meu prédio/casa.
e)Na região onde eu moro não caem raios.
f) Quero colocar um pára-raios para proteger os meus equipamentos eletrônicos.
g) Meu pára-raios, mesmo fora de norma, tem 20 anos que foi instalado e até hoje não deu problema nenhum.
h) Os aterramentos elétricos, telefônicos, SPDA, têm que ser isolados.
i) Espelhos atraem os raios.
4- A implantação e manutenção de sistemas de proteção (pára-raios) énormalizada internacionalmente pela IEC (International Eletrotecnical Comission) e em cada país por entidades próprias como a ABNT (Brasil), NFPA (Estados Unidos) e BSI (Inglaterra).
5- Somente os projetos elaborados com base em disposições destas normas podem assegurar uma instalação dita eficiente e confiável. Entretanto, esta eficiência nunca atingirá os 100% estando, mesmo estas instalações,sujeitas a falhas de proteção. As mais comuns são a destruição de pequenos trechos do revestimento das fachadas de edifícios ou de quinas da edificação ou ainda de trechos de telhados.
6- Não é função do sistema de pára-raios proteger equipamentos eletro-eletrônicos (comando de elevadores, interfones, portões eletrônicos, centrais telefônicas, subestações, etc.), pois mesmo uma descarga captada econduzida a terra com segurança, produz forte interferência eletromagnética, capaz de danificar estes equipamentos. Para sua proteção, deverá ser contratado um projeto adicional, específico para instalação de supressores de surto individuais (protetores de linha).
7- Os sistemas implantados de acordo com a Norma NBR-5419 da ABNT visam à proteção da estrutura das edificações contra as descargas quea atinjam de forma indireta.
8- É de fundamental importância que após a instalação haja uma manutenção periódica anual a fim de se garantir a confiabilidade do sistema. São também recomendadas vistorias preventivas após reformas que possam alterar o sistema e toda vez que a edificação for atingida por descarga direta.




















Histórico
a) O Raio é um fenômeno danatureza que desde os primórdios vem intrigando o homem, tanto pelo medo provocado pelo barulho, quanto pelos danos causados.
b) Para algumas civilizações primitivas o raio era uma dádiva dos Deuses e o castigo era merecido. Havia também civilizações que glorificavam o defunto atingido por um raio, pois ele havia sido escolhido entre tantos seres humanos, com direito a funeral com honrasespeciais.
c) Hoje em dia ainda existem muitas crenças populares, principalmente na área rural, as quais são passadas de geração para geração.
d) Após tantas civilizações o homem acabou descobrindo que o raio é um fenômeno físico/elétrico e por isso deverá ser conduzido o mais rápido possível para o solo, minimizando seus efeitos destrutivos.
e) O primeiro cientista a perceber este fenômeno foi...
tracking img