Enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5304 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ISOLAMENTOS E PRECAUÇÕES

VOCÊ SABE QUAL É O OBJETIVO BÁSICO DE UM SISTEMA DE PRECAUÇÕES?
O objetivo básico de um sistema de precauções é a prevenção da transmissão de um microrganismo de um paciente para outro, ou para um profissional da saúde. Esta prevenção abrange medidas referentes à transmissão dos agentes envolvidos.

PRECAUÇÕES PADRÃO
Devem ser aplicadas no atendimento a todosos pacientes, na presença de risco de contato com sangue; fluidos corpóreos, secreções e excreções (exceção: suor); pele com solução de continuidade; e mucosas.

PRECAUÇÕES ESPECÍFICAS
PRECAUÇÕES ESPECÍFICAS: elaboradas de acordo com o mecanismo de transmissão das patologias e designadas para pacientes suspeitos ou sabidamente infectados ou colonizados - por patógenos transmissíveis e deimportância epidemiológica - baseada em três vias principais de transmissão: transmissão por contato, transmissão aérea por gotículas, transmissão aérea por aerossóis.
Esta orientação, para estabelecer precauções, é considerada uma nova etapa na evolução das práticas de isolamento nos hospitais norte-americanos e também, tem orientado diversas instituições brasileiras.
Elas podem ser combinadas casoa doença apresente mais de uma via de transmissão. As Precauções Específicas devem ser sempre usadas associadas às Precauções Padrão

PRECAUÇÕES PADRÃO

Devem ser utilizadas para todos os pacientes independentemente da presença ou ausência de doenças transmissíveis comprovada.
• Higienização das mãos: antes e após contato com o paciente, após contato com sangue, outros líquidos orgânicos, eitens contaminados; após a retirada de luvas, entre um paciente e outro e no mesmo paciente, caso haja risco de contaminação cruzada entre diferentes sítios anatômicos.
• Luvas: usar luvas limpas, quando houver possibilidade de contato com sangue, outros líquidos ou itens e superfícies contaminados; trocar de luvas entre procedimentos; retirar as luvas após o uso e lavar as mãosobrigatoriamente.
• Máscara e óculos de proteção: recomendados para proteção individual, durante procedimentos que envolvam riscos de respingos.
• Avental: avental limpo para proteção individual sempre que houver risco de contaminação com sangue ou líquidos orgânicos. Quando houver sujidade visível, retirar o avental o mais rápido possível e lavar as mãos.
• Artigos e equipamentos de assistência ao paciente:realizar limpeza e desinfecção ou esterilização, de acordo com a classificação do artigo, após o uso e entre pacientes.
• Ambiente: seguir os procedimentos de rotina para adequada limpeza e descontaminação das superfícies ambientais.
• Roupas: ensacar as roupas usadas e contaminadas com material biológico (sangue, líquidos orgânicos e excreções), de forma a prevenir exposição.
• Materialperfurocortante: manusear com cuidado os materiais perfurocortante, proceder o descarte adequado em recipientes rígidos e resistentes à perfuração. Seguir adequadamente as orientações para montagem e preenchimento destes recipientes, não ultrapassando o limite indicado.
• Quarto privativo: indicado conforme orientação da CCIH - nos casos em que o paciente não tem controle das eliminações de fezes ouurina.

PRECAUÇÕES ESPECÍFICAS

1. PRECAUÇÕES DE CONTATO

Indicações: Infecção (ou suspeita de infecção) ou colonização por bactérias multirresistentes ou microrganismos epidemiologicamente importantes (como rotavírus, vírus sincicial respiratório, herpes simples localizado, diarréia aguda, furunculose, infecção de ferida operatória, escabiose, pediculose), passíveis de transmissão porcontato direto.

Internação de paciente: quando possível, em quarto privativo ou em quarto com paciente que apresente infecção pelo mesmo microrganismo (coorte).
• Higienização das mãos: deve ser enfatizada a importância desta ação; utilizar antisséptico como o álcool-gel ou soluções degermantes (clorexidina a 2% ou PVPI 10%) - consulte o módulo IV - Prevenção de Infecções em Unidades de Terapia...
tracking img