Enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2842 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FERIDAS
PROFª Maira Lima

DEFINIÇÃO
Toda e qualquer solução de continuidade (perda) de tecido ou órgão, podendo atingir desde a epiderme, músculos e órgãos. Meneghin; Vattmo, 2003

CAUSAS
• • • • Traumas; Cirurgias; Isquemia; Pressão.

EFEITOS
• Perda imediata, total ou parcial do funcionamento do órgão; • Dor; • Hemorragia e coagulação sangüínea; • Contaminação bacteriana; • Mortecelular.

Smeltzer; Bare, 1999

CLASSIFICAÇÃO
Feridas Agudas: reconstituem por meio de processo cicatricial, cujas fases obedecem a uma seqüência esperada de tempo, aparência e resposta a um tratamento.
Lourenço; Meneghin, 1998; Cândido, 2001

CLASSIFICAÇÃO
*Feridas Limpas: não há inflamação ou não atingem os TGI, respiratório e urinário; *Feridas Limpas Contaminadas: são aquelas em queos tratos respiratórios *Feridas Contaminadas: feridas acidentais, recentes e abertas, e procedimentos cirúrgicos com interrpção importante da técnica asséptica ou extravasamento do TGI; *Feridas Infectadas: feridas traumáticas antigas, com retenção de tecido desvitalizado, e aquelas que envolvem infecções clínicas já existentes ou vísceras perfuradas.

Perfuro-incisas
São produzidas pela açãode um instrumentos com borda afiada, geralmente pouco profundas e com penetração em cavidades;

Pérfuro-contusas
Caracterizam-se por pequenas aberturas na pele e pouco sangrante, podendo atingir grande profundidade.

Corto-contusa
Produzidas por objetos rombo de modo que o impacto é transmitido através da pele aos tecidos subjacentes, levando à rutura de pequenos vasos.

Feridalacerada
Margens denteadas, irregulares por excessiva força de estiramento, podendo lacerar músculos, tendões ou vísceras internas.

Feridas Abrasivas
São caracterizadas pela retirada de células da epiderme por causa da ação de fricção ou esmagamento de instrumento mecânico.

Fisiologia da cicatrização
• Fase inflamatória: trombolítica, granulocítica e macrofágica • Fase proliferativa; • Fasereparadora.

Tipos de cicatrização
Cicatrização por primeira intenção: quando não há perda de tecido e as extremidades da pele ficam justapostas uma à outra.

Tipos de cicatrização
Cicatrização por segunda intenção ocorre em feridas onde houve perda de tecido e as extremidades da pele ficam distantes umas das outras, sendo necessário formação de tecido de granulação até que a contração eepitelização aconteçam.

Tipos de cicatrização
Cicatrização por terceira intenção ferida é deixada aberta por um tempo, sendo suturada posteriormente, como cicatrização por primeira intenção. Feridas cirúrgicas abertas.

Fatores que influenciam no processo de reparação tissular
• • • • • • • • Idade; Estado Nutricional; Vascularização; Condições sistêmicas; Infecção; Fatores mecânicos;Presença de corpos estranhos; Linhas de tensão.

Escala de Braden
Percepção sensorial 1. Totalmente limitado 2. Muito limitado 3. Levemente limitado 4. Nenhuma Limitação

Umidade

1. Completament e molhado 1. Acamado

2. Muito molhada 2. Confinado à cadeira 2. Bastante limitado

3. 4.Raramente Ocasionalment molhada e molhada 3. Anda ocasionalment e 3. Levemente limitado 4. Andafreqüentement e 4. Não apresenta limitações

Atividade

Mobilidade

1. Totalmente imóvel

Nutrição

1. Muito pobre

2. 3. Adequado Provavelmente inadequado
2. Problema em potencial 3. Nenhum problema

4. Excelente

Fricção e cisalhamento

1. Problema

Escala de Braden
• O grau de risco varia de 6 à 23; • Pacientes adultos hospitalizados com escore de 16 ou menos são considerados derisco para úlcera por pressão; • Em idoso, pontuações 17 e 18 já podem considerar de risco;

Tipos de feridas

Diferença de úlcera venosa para arterial
Indicador
Localização Evolução

Venosa
Terço inferior da perna/maléolo medial Lenta

Arterial
Dedos, pés, calcâneo lateral da perna Rápida

Profundidade Superficial, leito vermelho vivo, margens irregulares Tamanho
Exsudato...
tracking img