Empreendedorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1061 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

Artigo – Padrões de Integrações de Sistemas 1
Padrões de integração em sistemas 2
Padrão 1: Aplicações, Pipes e Filtros 2
Padrão 2: Extremidade 2
Padrão 3: Mensagem 2
Padrão 4: Canal 2
Padrão 5: Roteador (Router) 3
Padrão 6: Tradutor (Translation) 3
Padrão 7: Gerenciador de sistema (Control Bus) 3
Referências 3

Artigo – Padrões de Integrações de Sistemas

No cenárioatual a maioria das empresas utilizam os sistemas de informação como ferramenta imprescindível aos seus processos de negócio. Sendo assim, surgem no mercado empresarial, inúmeras soluções em software para lhes oferecer suporte. Porém, isto acarreta uma enorme quantidade de sistemas heterogêneos distribuídos mundialmente. Desta forma, a necessidade de utilizar uma tecnologia que interligue estessistemas desenvolvidos em linguagens e plataformas distintas, é fundamental. Os Web Services (WS) apresentam-se como uma solução, já que, trata-se do desenvolvimento de aplicações que possuem alto grau de interoperabilidade, através da Internet. Para alcançar uma comunicação fácil entre aplicações distintas, os Web Services contam com protocolos e formatos de dados independentes de plataforma comoHTTP, XML e SOAP.

A eXtensible Markup Language (XML) consiste em uma série de regras que divide um documento em partes lógicas e hierárquicas. Ela é responsável pelo compartilhamento das informações em um formato padrão, compatível com os mais diferentes tipos de aplicações.

A aplicação de Web Services e do padrão XML é essencial às empresas que desejam integrar seus sistemas à serviços efunções externas, através da Internet. Esta arquitetura forma uma estrutura econômica e viável, já que, neste contexto, a integração não exige o abandono dos sistemas existentes, além de fornecer compatibilidade independente de plataforma, dispositivo ou linguagem utilizada. Outra importante vantagem gerada pelo consumo de Web Services e XML é a reutilização de funções e serviços, já que, atravésdestas tecnologias os programadores não necessitam mais criar e manter todas as funções do aplicativo, estas podem ser invocadas por um determinado WS. Assim, a equipe de desenvolvimento ganha tempo e padronização na implementação dos projetos.

Atualmente existem inúmeras empresam que utilizam a tecnologia Web Services, como exemplo: Amazon PC, Correios, Google, dentre outras. Dentre osbenefícios da tecnologia Web Services citam-se: reutilização de software, aumento de produtividade, interoperabilidade, flexibilidade e menores custos.

Os WS funcionam na base da troca de dados entre duas entidades principais: o provedor e o consumidor de Web Service. O provedor de Web Service é uma aplicação que apresenta um pedaço de funcionalidade, que pode ser acessado por outras aplicações osconsumidores de Web Service. Bipin Joshi et al (2002).

A interação entre estas duas entidades envolve operações de pesquisa, descrição e publicação de serviços, para cada operação existe um padrão responsável. Em sentido amplo, a linguagem XML e os padrões HTTP, SOAP, WSDL e UDDI, possibilitam de maneira simples e objetiva que os sistemas troquem informações e serviços entre si.

SegundoBieberstein(2006), as chamadas às operações, incluindo os parâmetros de entrada/saída, são codificadas no protocolo SOAP (Simple Object Access Protocol) baseado em XML. Os serviços (operações, mensagens, parâmetros, etc.) são descritos usando a linguagem WSDL (Web Services Description Language). O processo de publicação/pesquisa/descoberta de Web Services utiliza o protocolo UDDI (Universal Description,Discovery and Integration).

Os Web Services possuem um forte potencial para integração de sistemas heterogêneos, bem como, compartilhamento de serviços e funções através da Internet. Sua aplicação merece estudos voltados à seu nível de segurança e ferramentas ideais para seu desenvolvimento.

Padrões de integração em sistemas

Existem 7 padrões básicos que ajuda na modelagem de integrações...
tracking img