Eletrotecnico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1268 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.Introdução
A visita de missão técnica in loco a subestação (SE) 69/13, 8 kV renascença da concessionária ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO PIAUI localizada no município de Teresina, foi dividida em etapas, tendo uma breve explanação sobre os riscos iminentes de Segurança no Trabalho, em seguida uma apresentação nos setores de 69kV e 13,8kV pelo técnico da Concessionária, mostrandosuperficialmente os equipamentos elétricos (Transformadores Força, Transformadores de potencial, transformadores de corrente, Disjuntores, Religadores, Banco de Capacitores, Chaves Seccionalizadores, Pára-raios,Transformador Auxiliar...) com suas respectivas funções.

















2. Objetivo da Visita
A presente visita teve como objetivo o contato inicial com osequipamentos elétricos que compõe uma subestação com suas respectivas funcionalidades, visando adquirir conhecimento/aprendizado para melhor andamento do curso de graduação em Engenharia Elétrica da Faculdade Santo Agostinho.





















3. Subestação Renascença
3.1 Configurações Básicas
* É uma subestação semi-automatizada devidopossuir alguns equipamentos elétricos que não aceitam comandos remotos em função de sua configuração, sendo os mesmos operados de forma manual; (Figura 1)
* SE externa ou ao Tempo, devido seus equipamentos estar instalados ao tempo e sujeitos as condições atmosféricas desfavoráveis de temperatura, chuva, poluição, vento etc; (Figura 2)
* O arranjo físico da SE é do tipo barra Principal ede Transferência. Em condições normais de funcionamento, o vão de entrada de linha supre a barra principal através do disjuntor principal e das chaves seccionadoras associadas a este disjuntor, que se encontram normalmente fechadas. Existe mais uma chave associada ao disjuntor de entrada de linha que é a de “by-pass” que se encontra normalmente aberta. Em uma situação de emergência, em que odisjuntor principal é retirado de serviço para manutenção, a entrada de linha é conectada à barra auxiliar através do fechamento da chave seccionadora de “by-pass” e do disjuntor de transferência, após uma seqüência de chaveamento pré-estabelecida pelo Centro de Operação do Sistema da concessionária (COS), assim o disjuntor de transferência substitui o disjuntor principal; (Figura 16)
* Possuiuma sala de comando com 07 (sete) painéis, sendo 04 (quatro) IHM (Interface Homem Máquina), 02 (dois) para serviços auxiliares (CA e CC) e um painel retificador (Retifica a tensão alternada para tensão continua a fim de alimentar os 02 (dois) bancos de baterias). (Figura 3)
* Há um grupo Motor/gerador para suprir os serviços auxiliares caso haja uma interrupção de energia na SE; (Figura 4)* É composta de um reservatório que tem como finalidade a separação do óleo, caso haja um vazamento em algum dos transformadores.
* O Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica (SPDA) possuem contadores de descarga. (Figura 5)


3.2 Setor 69 kV (Figura 17)
* A SE é do tipo abaixadora nas configurações 69 / 13,8 kV;
* Suprida pela Linha de Distribuição LD 69 kVproveniente da SE Teresina 1(CHESF);
* Composta por 02 (dois) Transformadores de potência 20/25 MVA em paralelo totalizando 50 MVA de potência instalada, sendo os mesmos separados por uma parede corta fogo. (Figura 6 e 15)
* É dotada de 01(um) Bay de entrada e 02 (dois) de saída em 69kV, sendo 01(um) para SE localizada no município de Altos e a outra fica em Stand-by (reserva); (Figura 7)* Possuem TC´s (Transformadores de Corrente) e TP´s (Transformadores de Potencial) utilizados para medição e proteção.
* Contém 05 (cinco) disjuntores (Figura 8):
* 01 (um) de proteção na entrada de linha LD 69 kV;
* 02 (dois) de proteção para os Transformadores de Força;
* 01 (um) de proteção para saída de linha LD 69 kV;
* 01 (um) de proteção para transferência de...
tracking img