Eletronica de potencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1046 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Uma das alternativas encontrada pelo setor elétrico para o problema do aumento da demanda e da falta de investimentos na construção de novas linhas de transmissão e
unidades geradoras é a utilização de dispositivos FACTS (Flexible Alternate Current
Transmisson Systems) conectados nas linhas ou nas barras do sistema. Esses dispositivos permitem aumentar a capacidade de transmissãodas linhas dos sistemas de energia elétrica, podendo em alguns casos até mesmo dobrar essa capacidade [Hingorani,1993] . Outras possibilidades que esses dispositivos propiciam são:
- um maior controle e direcionamento dos fluxos de potência;
- níveis de transmissão de potência próximos ao limite térmico;
- redução da margem de reserva girante;
- prevenção de quedas em cascata nos sistemas e
-amortecimento das oscilações eletromecânicas de baixa freqüência.
Os dispositivos FACTS são resultantes dos avanços ocorridos na eletrônica de alta
potência. São baseados em componentes da família dos tiristores, podendo controlar grandezas elétricas como impedância, tensão, corrente e ângulos de fase, tarefa esta impossível de ser realizada por dispositivos mecânicos (por exemplo;compensadores eletromecânicos de reativos). Os dispositivos que têm sido mais aplicados em sistemas de energia elétrica são:
- Compensador estático de reativos (SVC – Static Var Compensator);
- Compensador estático (STATCON – Static Condenser);
- Compensador série controlado (CSC – Controlled Series Compensator);
- Controlador de fluxo de potência (LFC – Load Flow Controller) e
- Controlador de fluxo depotência unificado (UPFC – Unified Power Flow
Controller).
No presente trabalho vamos abordar o Compensador Estático de reativos, no qual temos nas páginas seguintes um panorama de sua aplicação nas principais subestações brasileiras.


Antes de realizar a abordagem do tema para o qual o trabalho foi proposto vamos conhecer a Chave compensadora estatica de Reativos (SVC).

COMPENSADORESTÁTICO DE REATIVO (SVC)

Em sistemas de energia elétrica, a função básica de um SVC é o controle de tensão.Isso é realizado através do ajuste contínuo da potência reativa que ele troca com o sistema [Hingorani, 2000].A tensão da barra na qual o SVC está conectado é comparada com uma tensão de referência, sendo o erro processado e amplificado por um controlador integral proporcional. A saídadesse controlador produz uma corrente que é utilizada como referência para um gerador de reativos. Dependendo dessa corrente de referência, o gerador de reativos injeta ou absorve potência reativa na barra, fazendo com que a tensão da mesma aproxime-se da tensão de referência. Deve-se observar que o termo estático implica na falta de partes móveis do compensador e que essa compensação de potênciareativa ocorre dinamicamente.

APLICAÇÃO SVC’s NO SISTEMA ENERGETICO BRASILEIRO

* FUNIL
O SVC da SE Funil,localizado no sul da Bahia, foi projetado com o objetivo de introduzir melhorias no controle de tensão do sistema associado à subestação, que possuía à época características radiais com elevado carregamento e situado a cerca de 500km da fonte principal, SE Camaçari. O início da suaoperação comercial deu-se em meados de 2001.
O seu SVC tem dois reatores controlados por tiristores (TCR), dois tiristores comutados capacitores (TSC) e dois de casal sintonizado filtros (DTF) a 3 ª e 5 ª harmônicas que, juntamente com um 230/13.5kV-200MVA aterrados estrela-triângulo stepdown conexão transformador, compõem um sistema de pulso capaz de seis fornecer continuamente à rede de energia umagrande potência reativa compreendida a partir 100MVAr indutiva para 200MVAr capacitivo menos 95% da tensão nominal.

-------------------------------------------------
Svc Funil

* SÃO LUIZ II

A subestação de São Luiz II (500/230kV - 3x600MVA), situado no Maranhão, é responsável para fornecer energia elétrica para o cidade de São Luís e a fábrica de alumínio ALUMAR. Para alcançar...
tracking img