Economia politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8616 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Anglos e Lusos: Encontro com as Américas
Aline da Costa Silva

É fato conhecido que muitas são as diferenças entre as colônias portuguesa e inglesa na América, chegando alguns a dizer que estas colonizações são como “a água e o vinho”. O que muitos não conhecem são os processos que levaram a estas diferenças, e quais diferenças são estas. Fatores distintos atuaram em Portugal e Inglaterra, osimpulsionando para o movimento colonizador para além do oceano Atlântico, rumo às novas terras da América. As necessidades destes países imersos neste período transitório da Idade Média para a Idade Moderna, envoltos em batalhas nacionais e internacionais pela afirmação de seus Estados recém formados e por sua soberania, além das tentativas de controle de crises internas, são parte deste contexto.Tais como diversos foram os processos que levaram á expansão são distintos, distintos também são os fatores que atuaram no interior destas colônias, tão distintas em alguns pontos e tão próximas em outros. Dentro da clássica tipologia colonial, a colônia portuguesa e a colônia inglesa são caracterizadas enquanto colônias de exploração e colônia de povoamento, respectivamente. Tal aplicaçãoterminológica a estas colônias se faz duplamente errônea, pois como será visto aqui, ambas as colônias possuem características de exploração e de ocupação, além de tal terminologia se mostrar anacrônica para este período da expansão européia, já que esta surgiu durante a segunda expansão européia, no século XIX, como é indicado por Alencastro1. Dentro das América Portuguesa e Inglesa, a presença deoutras nacionalidades, como França e Holanda, foram notadas, mas aqui me restringirei a abordar o movimento colonizador efetuado especificamente por Portugal e Inglaterra, citando as influências dos demais países quando necessário. Neste sentido, este trabalho visa uma comparação entre estas colonizações em linhas gerais, retratando a dinâmica interna destas colônias. Visará mostrar os processos quelevaram estes países a realizarem suas expansões marítimas, o início de cada colonização e comparar os processos políticos, econômicos e sociais destas procurando explicitar as diferenças entre estes movimentos colonizadores e suas eventuais semelhanças, pois como disse Ciro

1

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. “A Economia Política dos Descobrimentos” In: NOVAES, Adauto. A Descoberta do Homem e doMundo. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

Flamarion Cardoso ao citar Marc Bloch “[...] é preciso considerar [...] tantos as semelhanças quanto as diferenças entre os elementos comparados.”2

Motivos que levaram à expansão: Portugal e Inglaterra antes de suas colônias.
Muito se conjectura sobre o que levou os países a realizarem suas expansões marítimas, iniciadas no século XV. O certo éque a península Ibérica inicia este movimento, tendo como pioneiro o pequeno Portugal, embora este pioneirismo seja questionado se teria sido um início do expansionismo europeu, ou apenas a expansão de Portugal. Aqui tal pioneirismo será encarado, como aponta Luiz Felipe Thomaz, como um movimento individual que logo se espalha, e influência as demais nações européias.3 Portugal, na época de suaexpansão, era um país remoto e pobre, embora, segundo Thomaz, seja difícil comparar seus índices de desenvolvimento por falta de dados. Esta característica de Portugal leva a conjectura de hipóteses de sua expansão, como a de que esta teria sido motivada por sua pobreza. Mas relativa pobreza portuguesa pode ter sido apenas um fator que impulsionou as migrações, mas não sua expansão. A tomada deCeuta (em 1415) no litoral africano é tida como o início da expansão portuguesa. A expansão portuguesa pode ser explicada por um desejo de preservação da nobreza, que estava em crise com a afirmação da realeza e crescimento das classes burguesas; um desejo de descoberta de novas rotas comerciais; e, o mais importante, a afirmação do recém formado Estado nacional português, contribuindo para sua paz...
tracking img