Economia global

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3227 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Diferentemente de outras revoluções, o cerne da transformação que vivenciamos refere-se às tecnologias da informação, processamento e comunicação. O que caracteriza a atual revolução tecnológica não é a centralidade de conhecimentos e informação, mas a aplicação desses conhecimentos e dessa informação para geração de conhecimentos e de dispositivos e de processamento/comunicação da informação, emum ciclo de retroalimentação entre inovação e uso. Castells trata desses temas no capítulo 1 do tomo 1 de sua obra, “A revolução da tecnologia de informação”.
Na era em que vivemos, computadores e sistema de comunicação são amplificadores e extensões da mente humana. Assim sendo, a difusão da tecnologia amplifica as capacidades do ser humano e suas próprias, à medida que os usuários apropriam-sedela e a redefinem. Dessa forma, os usuários podem assumir o controle da tecnologia, como no caso da Internet. Pela primeira vez na história, a mente humana é uma força direta de produção, não apenas um elemento decisivo no sistema produtivo. Essas novas tecnologias da informação difundiram-se por todo o mundo entre meados dos anos 1970 e 1990, por meio de uma lógica característica do momentopresente: a aplicação imediata no próprio desenvolvimento da tecnologia gerada. Na verdade, há grandes áreas do mundo e consideráveis segmentos da população que estão desconectados do novo sistema tecnológico. As áreas desconectadas são cultural e espacialmente descontínuas.
Cabe recordar os principais eixos da transformação tecnológica em geração-processamento-transmissão da informação,colocando-os na seqüência que se deslocou rumo à formação do novo paradigma. Em primeiro lugar, destacam-se as macromudanças da microengenharia, que compreendem a criação do primeiro computador programável a o transistor, que, embora criados alguns anos antes, tiveram seus efeitos mais a partir do chamado divisor tecnológico dos anos 1970. Essa década representa um salto qualitativo na difusão da tecnologiaem aplicações comerciais e civis, uma tendência ascendente com custo cada vez menor e qualidade cada vez maior. Em seguida, vale apontar também as tecnologias da vida, em especial a biotecnologia – e Castells chega a apontar uma futura revolução na biologia advinda das descobertas na área da engenharia genética.
Apesar de a década de 1970 coincidir com vários importantes eventos, tais quais, porexemplo, a crise econômica e a reestruturação das finanças internacionais, Castells afirma que o surgimento do novo sistema tecnológico deve ser atribuído à “dinâmica autônoma da descoberta e difusão tecnológica, inclusive aos efeitos sinérgicos entre todas as várias principais tecnologias” (grifo nosso), e isso já teria sido uma base fundamental para a reestruturação socioeconômica da décadaseguinte. Essa revolução tecnológica teve sede nos EUA, especificamente na Califórnia, embora tenha contado com a colaboração decisiva das descobertas científicas no Reino Unido, França, Alemanha e Itália. O autor aponta para o papel importante papel desempenhado pela concentração de conhecimentos científico-tecnológicos, instituições, empresas e mão-de-obra qualificada, que, para ele, foram asforjas da inovação na nova era. Para Castells, “a inovação tecnológica tem sido essencialmente conduzida pelo mercado (…), e os inovadores (…), muitas vezes empregados por grandes empresas”. O autor não deixa, ainda assim, de destacar os programas de macropesquisa conduzidos ou patrocinados pelos governos, em especial o estadunidense.
É nesse contexto que se forma um novo paradigma de tecnologia dainformação (de acordo com Freeman (apud CASTELLS, 1999, p. 107): “um paradigma econômico e tecnológico é um agrupamento de inovações técnicas, organizacionais e administrativas inter-relacionadas (…). Em cada novo paradigma, um insumo específico (…) pode ser descrito como ‘fator-chave’ (…). A mudança contemporânea de paradigma (…) se baseia predominantemente em insumos baratos de informação”),...
tracking img