Ecologia de adensamento, desbaste e analise econômica no produção do maracujá

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual do Paraná – campus FAFIPAR

ECOLOGIA

Alunas: Larissa Robassa
Thamires Zattar
Tiemily Ferreira

PARANAGUÁ
ADENSAMENTO, DESBASTE E ANÁLISE ECONÔMICA NA PRODUÇÃO DO
MARACUJAZEIRO-AMARELO

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes densidades de plantassobre as características de produção, qualidade de fruto e sobre a rentabilidade econômica do maracujazeiro-amarelo. O experimento foi instalado no município de São Tiago, Minas Gerais. Os tratamentos constituíram-se de diferentes densidades de plantas na linha de plantio: T1=1,0 m (3.330 plantas/ha); T2=2,0 m (1.660 plantas/ha); T3=3,0 m (1.110 plantas/ha); T4= 4,0 m (830 plantas/ha); T5=1,0 m(3.330/1.660 plantas/ha); T6=1,5 m (2.220/1.110 plantas/ha), e T7=2,0 m (1.660/830 plantas/ha). Nos tratamentos T5, T6 e T7, foi feito desbaste de plantas alternadas logo após o término da colheita da primeira safra. A maior produtividade foi estimada em 11,9 t ha-1 na densidade de 1.841 plantas/ha na primeira safra, média de 10,9 t ha-1 na segunda safra e 5,46 t ha-1 na terceira safra. Aprodutividade total foi menor para o sistema menos adensado (830 plantas/ha), com 25,6 t ha-1 e média de 27,96 t ha-1 para os demais tratamentos. O peso médio de fruto não foi alterado com o adensamento, com exceção da segunda safra, que produziu frutos maiores no plantio adensado. O adensamento não alterou a qualidade do fruto. A média das três safras para as características de qualidade foi: peso médiode fruto (126 g), rendimento de suco (34,9%), sólidos solúveis totais (14,6%) e acidez total titulável (4,9%). A máxima eficiência econômica foi alcançada na densidade de 1.110 plantas/há.

MATERIAL E MÉTODOS
O experimento foi realizado em pomar comercial da Fazenda
Sant’Ana, município de São Tiago-MG (44º 36’ oeste e 20º 54’ sul). O
delineamento experimental utilizado foi o de blocoscasualizados com
cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos constituíram-se
de diferentes densidades e desbaste de plantas na linha de plantio: T1=
1,0 m (3.330 plantas/ha); T2= 2,0 m (1.660 plantas/ha); T3= 3,0 m (1.110
plantas/ha); T4= 4,0 m (830 plantas/ha); T5= 1,0 m (3.330 plantas/há, com
desbaste de plantas alternadas a partir da segunda safra); T6= 1,5 m
(2.220 plantas/há, comdesbaste de planta), e T7= 2,0 m (1.660 plantas/
ha, com desbaste de plantas).
O plantio foi realizado em outubro de 2001, e as colheitas,
durante o primeiro semestre de 2002, 2003 e 2004, pois, no segundo
semestre, ocorre a entressafra na região. As adubações de formação e
produção, a condução e os demais tratos culturais foram realizados de
acordo com Ruggiero et al. (1996) e Quaggio e PizaJúnior (1998). Não foi
utilizada a polinização artificial.
Foram contados e pesados duas vezes por semana, todos os
frutos de cada parcela, que serviu para estimar a produtividade (t ha-1), o
número de frutos por planta e por área e o peso médio dos frutos (g).
Próximo ao final de cada safra, foram coletados 5 frutos de cada
parcela para avaliação de suas características: rendimento de suco(%);
sólidos solúveis totais – SST (%) e acidez total titulável – ATT (%).
O teor de sólidos solúveis totais foi determinado diretamente
do suco, com refratômetro digital de compensação automática de
temperatura. Os valores de sólidos solúveis totais foram expressos em
porcentagem (AOAC, 1990).
A acidez total titulável foi analisada pela titulação de um extrato
(1 ml de suco/50ml águadestilada), com hidróxido de sódio (NaOH, 0,1
N), expresso em porcentagem de ácido cítrico (AOAC, 1990).
O suco foi obtido, batendo-se a polpa no liquidificador de forma
intermitente, sem danificar as sementes, passando em seguida por peneira
de malha fina. O rendimento de suco foi determinado pelo cociente entre
o peso do suco e do fruto, multiplicado por 100.
Para o procedimento de estimativa...
tracking img