Eclampsia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (764 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO



Nos últimos tempos, a humanidade alcançou enorme progresso nas áreas científica e tecnológica. Apesar dos diversos recursos capazes de melhorar as condições de vida e saúdeda população, muitas pessoas ainda morrem por falta de acesso aos sistemas de saúde ou a medidas de prevenção que possam evitar determinadas patologias ou ainda, por assistência ineficaz oferecidapor esses sistemas.

As mortes de mulheres em conseqüência de complicações da gravidez, parto ou puerpério são importante problema de saúde pública. A comparação dos indicadores de mortalidadematerna entre países desenvolvidos como Canadá e Estados Unidos, que têm este coeficiente inferior a 9:100.000 nascidos vivos, e países como Bolívia, Peru, Haiti e Brasil, com coeficientes superiores a100 mortes por 100.000 nascidos vivos, evidencia a disparidade entre estes dois blocos. Entretanto, países em desenvolvimento que estabeleceram metas de política que garantem saúde para suapopulação, como Chile, Cuba, Costa Rica e Uruguai, conseguiram reduzir as taxas de mortalidade materna para menos de 40 óbitos por 100.000 nascidos vivos (BRASIL, 2002).

As síndromes hipertensivas nagestação mantêm-se como uma das principais causas de morte materna, além de acarretar elevados índices de morbimortalidade perinatal. Há evidências de que a maioria destas mortes é evitável mediante umaqualificada assistência a gestante, parturiente e puérpera e um adequado atendimento as urgência e emergências obstétricas.

O presente estudo objetivou, através de uma pesquisabibliográfica, descrever a conduta em situações de urgência e emergência hipertensivas na gravidez, especificamente em casos de pré-eclâmpsia/eclâmpsia.












2. ASPECTOS GERAIS DA PRÉ-ECLÂMPSIAE ECLÂMPSIA(TOXEMIA GRAVIDICA)




As síndromes hipertensivas representam uma das alterações mais freqüentes na gravidez em todo o mundo. Sua incidência nos países desenvolvidos oscila...
tracking img