Dpp atividade de autoconhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A visão da jornalista sobre o Carnaval, é que, ao contrário do que a mídia expõe, o Carnaval não é mais uma festa onde “qualquer um” podeparticipar, dispõe-se de muito dinheiro público e privado, para que festas cada vez mais caras possam acontecer.
Os ingressos para assistir os desfilesde escolas de samba estão cada ano mais caros, os chamados abadás, para poder se seguir um trio elétrico, também se tornam cada vez mais caros, e,sendo assim, não são todas as pessoas que podem participar desta festa.
O que ela deixa transparecer para mim é de que antigamente o Carnaval erammarchinhas, festas na rua, com todos interagindo, e, apesar de hoje em dia o Carnaval ser uma festa, não é mais desta forma, pois as pessoasperdem os limites, e quem arca com isto, financeiramente falando, é o nosso governo, desembolsando verbas para “cicatrizar” as consequências que oCarnaval traz principalmente para os jovens, que abusam na bebida, e perdem o controle.
Concordo com a repórter, pois, apesar de gostar da festa em si,acho que isso decaiu muito, hoje em dia só vemos mulheres semi-nuas, o Carnaval virou mídia apenas, e o que era para ser uma festa linda, ondepoderíamos interagir com nossos vizinhos de rua, e até mesmo vizinhos de bairro, virou interesse para as tv’s e todo tipo de veículo de comunicação.Acredito que o Carnaval da época de nossos avós, era, com certeza, uma festa harmoniosa, prazerosa, em que TODOS, sem excessão, se divertiam.
tracking img