Dor cronica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TATORES ASSOCIADOS À INTERRUPÇÃO HOSPITALIZADAS FArtigo ET ALOriginal DE TRATAMENTO ANTI-RETROVIRAL SRATAMENTO DE CRIANÇAS DESNUTRIDAS ARNI ROS .

MÉTODOS CARACTERIZAÇÃODA DOR CRÔNICA E MÉTODOS ANALGÉSICOS COMUNIDADE UTILIZADOS POR IDOSOS DA COMUNIDADE
MARA SOLANGE GOMES DELLAROZA*, REJANE KIYOMI FURUYA, MARCOS APARECIDO SARRIA CABRERA,TIEMI MATSUO, CELITA TRELHA, KIYOMI N. YAMADA, LÍLIAN PACOLA Trabalho realizado no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR*Correspondência Rua Borba Gato, 1078, apto 904 Londrina – PR Cep: 86010-630 Tels: (43) 3323-3338/ (43) 3371-2309/ (43) 9998-6468 maradellaroza@dilk.com.br dellaroza@uel.br

RESUMOOBJETIVO. Caracterizar a dor crônica e os métodos analgésicos utilizados por idosos residentes na área de abrangência de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), localizada naregião norte da cidade de Londrina (PR). MÉTODOS. Estudo transversal descritivo com todos os indivíduos com 60 anos ou mais residentes na área de abrangência da UBS, através deinquérito domiciliar. Utilizou-se como critério de dor crônica a dor de duração mínima de seis meses. Os idosos foram questionados sobre as características da dor quanto àlocalização, duração, freqüência, intensidade, fatores de melhora e de piora, assim como o impacto da dor na vida do indivíduo e descrição dos métodos analgésicosutilizados. RESULTADOS. Foram entrevistados 172 idosos (101 mulheres e 71 homens). A presença de dor crônica foi observada em 107 (62,21%); no sexo feminino esta prevalência foi de69,3% e no masculino 52,1% (p = 0,004). Os idosos mais velhos – 80 anos ou mais – apresentaram maior referência de dor crônica (p = 0,01), assim como os idosos com depressão (p
tracking img