Dom quixote

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Em 1930, Lobato desabafa através de cartas escritas destinadas a sua irmã, a Anísio Teixeira e a Godofredo Rangel declarando-se falência em dividas, pois havia perdido todo seu capital. Nessas cartas, Monteiro Lobato mostra que ele só se volta para as Letras quando o bolso se esvazia. Em 1931 retorna ao Brasil em busca da sua sobrevivência por meio da venda de livros infantis e traduções, tentasobreviver e pagar suas contas.
Em Novembro de 1933 anuncia para seus amigos Emilia no país da gramática, em Agosto do ano seguinte envia outra carta dizendo:
[…] A minha Emilia está realmente um sucesso entre as crianças e os professores. Basta dizer que tirei uma edição inicial de 20.000 e Octales está com medo que não aguente o resto do ano. […] Numa escola que visitei, a criançada me rodeoucom grandes festas e me pediram: “Faça a Emilia do País da aritmética”.
Um escritor/educador com um projeto de leitura e, sobretudo, de formação de leitores críticos materializado na obra “D. Quixote das crianças”. 

Nesse contexto, vimos a obra “Fábulas” de Monteiro Lobato como parte construtiva desse projeto de formação de leitores críticos. O nosso ponto de vista incide sobre a ideia de quenas “Fábulas” formar-se leitores, especificamente, no momento em que os personagens (Emília, Narizinho, Pedrinho) criam comentários sobre as fábulas lidas por Dona Benta. essa formação de leitores foi possível porque Monteiro Lobato, no seu “fazer literário”, aplicou a forma do gênero textual escrito, traz em sua forma uma moral da história, no entanto, Lobato traz um comentário dos personagens doSítio abaixo de cada fábula.

Vimos uma ativa atitude responsiva do ouvinte ao compreender não codificar o significado ou sentido do discurso do falante podendo concordar, discordar, completar. Acreditamos que Lobato, um Dom Quixote no caminho da leitura apresenta um escritor que, a nosso ver, queria também produzir livros que um dia as crianças pudessem morar, dialogar, se encantar, aprender.Tecendo a leitura.

In: LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. 6. ed. São Paulo: Ática, 2000, p. 104-109;
- Refletindo sobre a prática da aula de português. In: ANTUNES, Irandé. Aula de português: encontro & interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003, p. 19-37.

* Leitura é uma teia, um texto influencia no outro, porém a maioria das pessoas não nota isso.* Quando um professor se sente ameaçado ele se apega aquilo que ele conhece, e é aí que ele se torna obsoleto.
* Um leitor maduro procura intertextualizar suas leituras, criar relações entre elas.
* Leitura crítica não é aceitar tudo, deve-se ter propriedade do conhecimento.
* Professor precisa gostar de ler, além de gostar, deve ler muito e se desenvolver com aquilo que lê.
*Professor deve ser independente do livro didático, ele deve ir além deste. Deve ter autonomia.

Marisa Lajolo inspirada no poema de João Cabral de Melo Neto “Tecendo a manhã” discute de forma leve e instigante a concepção e o papel da leitura numa sociedade democrática. “Os galos que tecem a manhã evocam os leitores que tecem o significado dos textos”. Traz uma reflexão interessante sobre aevolução e modernização dos processos de produção do livro, afirma que a leitura era individual e reflexiva, transformou-se hoje em consumo rápido do texto para ser lucrativa.
O ato de ler tem se afastado cada vez mais da prática individual. Que os profissionais incentivem a leitura que resgatem o artesanato que a leitura exige, ou seja, assim como na tecelagem é preciso fiar, tingir, urdir eentrelaçar os fios, na leitura carece decifrar, ler, reler e desler. Assim, “tomar consciência das ambiguidades desse papel pode ser o primeiro passo para mudanças qualitativas nos projetos e práticas de leitura [...]”.
Ler é essencial, pois através da leitura nos inserimos melhor na sociedade, a importância da literatura no currículo escolar, afinal “o cidadão, para exercer plenamente sua cidadania...
tracking img