Dom casmurro

Páginas: 2 (282 palavras) Publicado: 11 de setembro de 2012
Você lê Machado de Assis? Ler e ver Machado de Assis vale mais que tudo o
mais. Escritor brasileiro dos mais expressivos, faz parte do cânone dos autores do
nossoRealismo/Naturalismo. Assim, apresentamos a classe este maestro/mestre das
palavras. Embora jamais tenha passado pelos bancos universitários, Machado
mobilizou a crítica elevou o nome do Brasil do Império e da recente República para o
estrangeiro. Desta forma, discutimos aqui e colocamos, numa espécie de apresentação
(muito prazer!), M. deAssis frente a frente com o prezado estudante-leitor.
De origem humilde, ele era mulato e galgou os degraus da elevação social no
Brasil, passando à elite das celebridadesnacionais do seu tempo, sendo fundador e
primeiro membro da Academia Brasileira de Letras. Sua produção principal (romances
e contos), consta nos anais da história doBrasil entre os anos de 1880 a 1900. Gago e
epiléptico, filho de um pintor mulato e de uma lavadeira, órfão desde a infância, foi
criado por sua madrasta, Maria Inês, e com asua hábil pena venceu na vida,
atravessou os sertões do tempo, e por que não dizer que venceu a vida, tornando-se
imortal em sua literatura? Ele foi autodidata porexcelência, recebendo as primeiras
letras numa escola pública e tendo aulas de latim e francês com um padre amigo,
Silveira Sarmenho. Como o conseguiu? Ora, sendo exemplar leitor.Lendo todos os autores ao seu alcance, iniciou aos dezoito anos sua carreira
como poeta romântico, compondo seus primeiros versos para a revista Marmota.
Época em quelogo é admitido à redação do Correio Mercantil e trava conhecimento
com poetas e expressivos escritores românticos.
Vamos conferir um achado deste tempo? Segue o poema:
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • dom casmurro
  • Dom Casmurro
  • dom casmurro
  • Dom Casmurro
  • Dom Casmurro
  • Dom Casmurro
  • Dom Casmurro
  • Dom casmurro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!