Dmpl

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1647 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DMPL

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO
Essa demonstração dispensa a elaboração da DLPA, pois tem como principal objetivo demonstrar a composição de todas as contas do Patrimônio Líquido, revelando a evolução dessas contas e os eventos que influenciam na modificação de seus saldos. A DMPL é fundamental para mostrar ao sócio como está evoluindo seu investimento. Na DMPL estãoregistrados o capital dos sócios, o lucro do período, a destinação desse lucro, doações, ágios, prejuízos, pagamentos de dividendos, reavaliação de ativos, integralizações pelos sócios de novos investimentos e redução de capital (retirada de sócios, por exemplo). Essa demonstração tem por objetivo mostrar as variações ocorridas em cada uma das contas integrantes do grupo Patrimônio Líquido. A partir daDMPL – do lucro nela registrado – o investidor deve ler a Demonstração de Resultados, para saber onde perdeu ou ganhou.
RENTABILIDADE
A rentabilidade mostra a evolução do Patrimônio Líquido. O objetivo é constatar quanto os sócios lucraram com seu investimento. o Patrimônio Líquido está na colunados passivos. Exatamente porque não é dinheiro da empresa, mas sim dos sócios.

Para se mostrar arentabilidade sobre o capital próprio compara-se o Lucro Líquido da empresa no exercício pelo seu Patrimônio Líquido (LL/PL).É preciso relativizar a rentabilidade pelo exame da qualidade do lucro. É necessário verificar se ele provém das atividades normais da empresa ou se é resultado de realizações não-operacionais (venda de ações, de ativos permanentes ou participações em outras sociedades, etc.). Oleitor do balanço deve ir à Demonstração de Resultados examinar com cuidado os dados sobre as receitas e despesas não-operacionais Na DMPL encontramos a aplicação dos seguintes princípios contábeis Princípio da entidade – o princípio da entidade reconhece o patrimônio como objeto da contabilidade e afirma a autonomia patrimonial, a necessidade da diferenciação de um patrimônio particular nouniverso dos patrimônios existentes, independentemente de pertencer a uma pessoa, um conjunto de pessoas, uma sociedade ou instituição de qualquer natureza ou finalidade, com ou sem fins lucrativos. Por consequência, nesta acepção o patrimônio não se confunde com aqueles dos seus sócios ou proprietários, no caso de sociedade ou instituição.Princípio da continuidade – a continuidade ou não da entidade,bem como sua vidaestabelecida ou provável, devem ser considerados quando da classificação eavaliação das mutações patrimoniais, quantitativas e qualitativas.Princípio da oportunidade – refere-se, simultaneamente, à tempestividade, àintegridade do registro das mutações patrimoniais, determinando que este seja feitono tempo certo e com a extensão correta.Princípio da atualização monetária – os efeitosdo poder aquisitivo da moedanacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis através do ajustamento daexpressão formal dos valores dos componentes patrimoniais.
Critérios deClassificação do Patrimônio Líquido
De acordo com a Lei n.º 6.404/76, são classificadas no Patrimônio Líquido as contasrepresentativas:

dos investimentos dos proprietários na sociedade;

de valores recebidos comodoações e subvenções para investimento;

das reservas oriundas de lucros;

das reservas provenientes de reavaliação de ativos.As contas pertencentes ao patrimônio Líquido estão distribuídas nos seguintes grupos:
1º) Capital Social
O capital social é constituído ou aumentado através de contribuições dos acionistascom bens suscetíveis de avaliação em dinheiro. As contas representativas doCapitalsubscrito e, por dedução, a parcela ainda não realizada.As principais contas pertencentes a este grupo são: Capital e Capital a Integralizar (esta como daquela).
2º) Reservas de Capital
As contas que registrarem:


os valores recebidos, a título de ágio na subscrição de ações, queultrapassarem a importância destinada à formação do Capital Social;

o produto da alienação de partes beneficiárias e...
tracking img