Divino espirito santo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 109 (27038 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pelas águas do rio Tietê
Irradia o Divino de Laras












Neusa de Fátima Mariano









Março/2012

Sumário

Apresentação 2
Introdução 4
1. Reflexões acerca do território e da identidade territorial 8
1.1. A dimensão cultural 10
2. A Festa do Divino: de onde vem? 16
2.1. A festa popular 16
2.2. O Divino popular 18
2.3 Da festa da Dona Isabel à festabrasileira 21
3. Laras, ou Capela de São Sebastião da Pedra Grande 25
4. A Festa do Divino de Laras 36
4.1 Origens 36
4.2 A Irmandade do Divino 41
4.3 A viagem da Irmandade do Divino Espírito Santo 54
5. Considerações Finais 90
Referências Bibliográficas 93
ANEXOS 97



APRESENTAÇÃO

Festa do Divino Espírito Santo: foram anos acompanhando a Festa do Divino realizada em Mogi dasCruzes, em função de minha tese de doutorado, defendida pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana, da Universidade de São Paulo, em 2007 . O tema da Festa do Divino me chamou atenção como uma das manifestações da cultura caipira; este assunto, aliás, trabalhado no meu mestrado, também na área de Geografia Humana .
Ao ingressar na Universidade Federal de São Carlos – Campus de Sorocaba, comodocente, no curso de Licenciatura em Geografia, em 2009, conheci a Profa. Dra. Teresa Mary de Mello, que me fez um convite: falar sobre a Festa do Divino de Mogi das Cruzes (meu doutorado) em Laranjal Paulista durante a I Conferência Intermunicipal de Cultura.
Aceitei o convite e fui conhecer Laranjal Paulista e contribuir com o andamento da Conferência. A Profa. Teresa já havia me falado da Festado Divino de Laras (Distrito de Laranjal Paulista), mas me parecia tão distante... parecia impossível chegar em Laras, tamanho isolamento, tamanha dificuldade devido à estrada de terra e à balsa.
Qual foi minha surpresa quando, ao término dos meus quinze minutos de exposição, os ouvintes se manifestaram, tecendo comparações da Festa do Divino de Mogi das Cruzes com a de Laras! E me cercaram noscorredores, e nos momentos de pausa para o café para trocarmos algumas palavras sobre ambas.
Feliz com a exposição que havia feito e, com o retorno do público que promoveu o diálogo cultural, fui embora satisfeita. Mas algumas vozes não saíam da minha cabeça: “Ah, se alguém pesquisasse assim a Festa de Laras!” “Ah! A Festa aqui também é legal!”
Meses depois, caiu em minhas mãos um Edital daFunarte: Produção Crítica em Culturas Populares e Tradicionais. Lembrei-me da Festa do Divino de Laras e, com o apoio da minha amiga, a Profa. Teresa, resolvi me inscrever.
Quando o projeto foi aprovado, organizei uma equipe de trabalho que pudesse me auxiliar na coleta de relatos orais em Laras. Esta equipe foi composta por membros do grupo de estudos denominado Espaço e Cultura, coordenado por mim,e que conta com a participação de estudantes do curso de Geografia da UFSCar.
Precisava também de alguém que me auxiliasse em vários momentos da pesquisa, para coleta de material e de informações. Uma estudante do curso de Turismo, também da UFSCar, já havia se prontificado em me auxiliar na pesquisa e, pelo seu perfil ativo, ela se tornou minha auxiliar de pesquisa. Gabriela Lima é o nome dela.A Prefeitura Municipal de Laranjal Paulista, na pessoa da Secretária de Cultura e Turismo Maria Silvana Rodrigues Pires Frangueli, foi fundamental para a realização da pesquisa, tecendo algumas mediações necessárias, fornecendo material bibliográfico e cartográfico, além de informações sobre a Festa, bem como viabilizando o transporte para o Distrito de Laras.
Aos poucos fui conhecendo doDistrito de Laras e percebendo que a localidade não é inalcançável. Fui conhecendo a sua população e me encantando, cada vez mais, com a sua manifestação de devoção e fé ao Divino Espírito Santo.
O resultado desta aventura está aqui, nas próximas páginas deste singelo trabalho, mas feito com muito carinho.

INTRODUÇÃO

O que leva as pessoas ao sacrifício? O que leva as pessoas à devoção?
A...
tracking img