Diversos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (356 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aluno:
Disciplina Direito Penal II – Prova II
a) a prova é composta de 10 itens;
b) marque “V” ou “F” nos itens a seguir, JUSTIFICANDO OS ITENS FALSOS, à mão.
c) cada questão marcada corretamentevale 1,0 ponto ;
d) você tem até o dia 30 de novembro de 2012, às 18h00, para depositar esta prova,
devidamente respondida, no escaninho do professor (nº 51).
e) as dúvidas poderão ser sanadasatravés do e-mail do professor:
“brunoandreribeiro@gmail.com”
Boas Férias !!!
01 . (
) segundo nosso CP, no crime de estupro a ação penal é sempre pública
incondicionada.

0 2. (
) a prescrição,depois da sentença condenatória com trânsito em julgado para a
acusação ou depois de improvido seu recurso, regula-se pela pena aplicada, podendo,
contudo, ter por termo inicial data anterior à dadenúncia ou queixa.

03. ( ) se a doença mental é superveniente ao início da execução da pena, a competência
para aplicá-la é do próprio juiz da Vara de Execuções Penais.

04. ( ) o livramentocondicional não pode ser concedido pelo juiz aos sentenciados por
crime hediondo ou equiparado.

05. ( ) no concurso de crimes, a prescrição incide sobre o quantum total e, não, sobre os
crimesisoladamente considerados.

06. ( ) o recebimento da denúncia e o acórdão confirmatório da sentença condenatória
recorrível são exemplos de causas interruptivas da prescrição da pretensão punitiva.07. ( ) a competência para conceder a reabilitação é do juízo do processo de conhecimento
e deve ser requerida 2 anos após o término da pena.

0 8. (
) segundo jurisprudência do STF, é corretoafirmar que a sentença penal
condenatória transitada em julgado acarreta a perda do cargo, função pública ou mandato
eletivo do agente, prescindindo, inclusive, de motivação expressa, uma vez que setrata de
efeito automático da condenação.

09. ( ) segundo jurisprudência pacífica do STJ, a representação é documento formal e sua
ausência acarreta a nulidade da ação penal, mesmo que a vítima...
tracking img