Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
01/03/2013 - 11:08

Economia de serviços cresce sustentada pela renda, diz IBGE
Por Alessandra Saraiva e Diogo Martins

RIO - A ex pansão da economia de serviços, que subiu 1 ,7 % em 201 2 contra o ano anterior, continua sendo sustentada pelo crescimento real da renda das famílias. A av aliação partiu do coordenador deContas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Olinto. Nesta sex ta-feira, o instituto anunciou as contas nacionais do quartotrimestre do ano passado – que mostraram aumentos de 2,2% no Produto Interno Bruto (PIB) dos serv iços ante quarto trimestre de 201 1 (http://www.valor.com.br/brasil/3027 990/economia-cresce-09-em-201 2-sobre-201 1 -diz-ibge); e de 1 ,1 % em relação ao terceiro trimestre de 201 2. “Os serv iços são fortemente ligados à questãodo consumo”, lembrou o especialista, acrescentando que a ex pansão do consumo é fav orecida por bons resultados na renda. Um dos tópicos usados por Olinto para exemplificar as tax as positiv as na economia de serv iços, mesmo em quadro de economia mais fraca, foi o comportamento do consumo das famílias. No ano, o consumo dasfamílias cresceu 3,1 %, com tax as positiv as de 1 ,2% ante o terceiro trimestre de 201 2; e de 3,9% contra o quarto trimestre de 201 1 . “Os indicadores deconsumo continuam crescendo e as famílias continuam consumindo. É o que ex plica isso: continuamos a ter uma renda real crescente no país. Esse modelo de crescimento derenda está sendo mantido e isso se reflete em serv iços”, resumiu. (Alessandra Saraiva e Diogo Martins | V alor) (Alessandra Saraiva e Diogo Martins | V alor)

tracking img