Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3453 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JUSTIÇA, ÉTICA E DIREITO NO JULGAMENTO DE NUREMBERG

Regina Márcia Gerber1 (UNISUL/UFSC, regigerber@yahoo.com.br)

O homem, quando virtuoso, é o mais excelente dos animais, mas, separado da lei e da justiça, é o pior de todos. (Aristóteles)

Viver eticamente é viver conforme a justiça. (Olinto A. Pegoraro, 1997)

1. Considerações iniciais

Dois pontos deram origem a este artigo. Oprimeiro, pessoal, nasceu da vontade de realizar um trabalho onde fosse possível abordar e discutir apenas dois temas principais, ética e direito. Entretanto, tão logo abri o primeiro livro2 percebi que era impossível tratar destes temas sem também dedicar alguma atenção ao tema ‘justiça’, visto que, segundo Pegoraro (1997, 21), “a justiça é o centro da reflexão ética”. Deste modo, tornou-se necessáriofalar não apenas de ética e direito, mas, antes de tudo, de justiça3. O segundo, profissional, foi o convite para participar deste livro cujo intuito é juntar, num mesmo material, artigos que versem sobre Ética e Cinema. Assim, ao meu

Doutora em Lingüística pela UFSC. Obteve o título de Mestre em Lingüística em 2004 pela UFSC. Formada em Letras Francês pela UFSC. Autora de artigos na área deLingüística, Análise do Discurso, Leitura e Direito. Autora e organizadora de dois livros, um na área de Tradução e outro na área de Lingüística de Corpus. Atualmente é acadêmica da 8ª fase no Curso de Direito da UNISUL, estagiária no Departamento Jurídico do Banco do Brasil. Além disso, participa de bancas de correções de concursos e provas de vestibular da UDESC, UFSC e ACAFE, bem como écorretora de textos acadêmicos. 2 Ética é justiça, de Olinto A. Pegoraro, publicado pela Vozes em 1997, no Rio de janeiro. 3 Do latim justitia, significa conforme o direito, dar a cada qual o que lhe é de direito, praticar a equidade.

1

desejo particular somou-se esta proposta e, então, este artigo abordará temas como justiça, ética e direito em relação ao filme O Julgamento de Nuremberg.

2. OJulgamento de Nuremberg

Este filme, realizado pela Warner Home Vídeo, em 2000, é fruto de exaustivas transcrições das fitas gravadas durante o primeiro julgamento realizado em 20 de novembro de 1945, no Palácio da Justiça, que fica na cidade de Nuremberg. Após a Segunda Guerra Mundial, os países aliados decidem se reunir na cidade de Nuremberg, na Alemanha, para formarem um Tribunal ondedeveriam ser julgados 21 oficiais nazistas. O objetivo de montar este Tribunal era condenar os acusados pelos seus crimes de modo que as atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra não ficassem impunes. Assim, duas figuras são principais neste cenário; uma, Hermann Goering, considerado homem de confiança de Hitler (condenado à pena máxima: enforcamento). Para ele “a justiça não tinha nada a ver comeste julgamento”, visto que ele estava sendo realizado muito mais por interesses políticos. A outra, o promotor Robert Jackson, considerado um dos maiores promotores da época (década de quarenta). Para ele, ao contrário, o julgamento era importante porque era o meio pelo qual se podia mostrar a todos que havia meio de se condenar os réus por crimes de guerra. Assim, “se dissessem a esses homens quenão houve crime, seria o mesmo que dizer que não tinha havido guerra”. Além disso, é importante ressaltar que a sentença de cada um dos réus foi dada com base em quatro crimes: (1) conspiração para cometer agressão e/ou envolvimento em agressão, (2) crimes contra a paz, (3) crimes de guerra, (4) crimes contra a humanidade.

Este primeiro julgamento terminou em outubro de 1946, ou seja, quase umano após o seu início. Nele, foram ouvidas várias testemunhas, que relataram os vários tipos de crimes, de humilhações e de horrores pelos quais passaram. No total foram onze condenações à morte por enforcamento, três condenações à prisão perpétua, duas condenações a 20 anos de prisão, uma condenação a 15 anos de prisão, uma condenação a 10 anos de prisão e três absolvições. No meio de tudo...
tracking img