Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3173 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Direito
Aluno: Pedro Henrique de Oliveira Gonçalves
Professor(a): Hudson
CIÊNCIA POLÍTICA C/ TEORIA GERAL DO ESTADO
1º PERÍODO - Matutino

Natal/RN 03-2012
1º Capitulo
I – CIÊNCIA POLÍTICA – Conceitos
Histórico:
O estímulo ao desenvolvimento da Ciência Política dar-se-ia já à época da Primeira Guerra Mundial e, principalmente, ao final da Segunda Guerra Mundial. Nesseperíodo, os EUA assumiram a posição de nova potência hegemônica mundial e, nos organismos internacionais, no âmbito das Nações Unidas, passaram a irradiar sua influencia. As missões de manutenção da paz e a preservação ou construção da democracia, em nome da qual o país participara da guerra, eram elementos que contribuíam para aumentar a demanda de especialistas na área da Política, o que fezproliferar cursos da disciplina de Ciência Política em universidades norte-americanas.

Objeto:
O objeto da ciência política são os fatos ou fenômenos políticos, que são conceituados como: fato, ato ou situação relativa à formação, estrutura e atividade do poder do Estado. (Darcy Azambuja)
Conceito:
Ciência Política é o estudo da política, dos sistemas políticos, das organizações políticas e dosprocessos políticos. Envolve o estudo da estrutura (e das mudanças de estrutura) e dos processos de governo, ou qualquer sistema equivalente de organização humana que tente assegurar segurança, justiça e direitos civis. Os cientistas políticos podem estudar instituições como corporações(ou empresas, no Brasil), uniões (ou sindicatos, no Brasil), igrejas, ou outras organizações cujas estruturas eprocessos de ação se aproximem de um governo, em complexidade e interconexão.
Disciplina que dedica-se ao estudo dos fenômenos políticos. Avançando sobre esta definição básica, podemos associar a ciência política ao campo de estudos sobre governo, em todos os níveis, suas instituições e atores (políticos). De fato, é no contexto do aparato estatal que a política se torna mais visível. Porém, aatividade política é geral, ocorrendo em todas as organizações, sejam elas empresas, sindicatos, igrejas, etc.
Para Mário Lúcio Quintão Soares a Ciência Política é concebida como conhecimento ordenado, racional, objetivo e metódico de uma realidade política, a ser recepcionado pela Teoria do Estado, permitindo-se se saber se é possível, e de que modo, o Estado deve atuar em mundoglobalizado como uma estrutura real e histórica.

Objetivo:
A Ciência Política preenche uma função essencial, que é a de ajudar os cidadãos a adquirir melhor compreensão dos fenômenos políticos e, assim, exercerão maior influência sobre sua comunidade e sobre a sociedade como um todo. Quanto ao estudioso, a ciência política reserva uma valiosa gama de referenciais teóricos, pois não há produçãocientífica sem teoria, e o pensamento político clássico e contemporâneo, fornece ferramentas importantes para entender e explicar o complexo mundo social.
Para Darcy Azambuja, o objetivo mor da Ciência Política é a procura da verdade.
Ciência Política e as dificuldades terminológicas:
A ciência política é indiscutivelmente aquela onde as incertezas mais afligem o estudioso, pordecorrência de razões que a crítica de abalizados publicistas tem apontado à reflexão dos investigadores, levando alguns a duvidar se se trata aqui realmente de ciência.
Quais são essas razões?
* Caráter movediço e oscilante do vocabulário político;
* As variações semânticas dos termos de que se serve o cientista social de país para país, com as mesmas palavras valendo para osinvestigadores do mesmo tema, coisas inteiramente distintas, como, por exemplo, a palavra democracia, a que se emprestam variadíssimas acepções.
* A expressão Estado, devido as incertezas e objeções, apresentadas por diversos estudiosos da área, quanto à determinação exata do significado de que se reveste.
* Apresentar um conceito simples e inteligível, claro, sobre...
tracking img