Direito empresarial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (761 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Questão 1:

Nota: Excelente




Após a leitura do texto sobre o trabalhador rural e as leis trabalhistas aplicadas ao trabalho rural, indicado na webaula, é correto afirmar que:Alternativas:

1 - Empregado rural é toda pessoa física que, em propriedade rural ou prédio rústico, presta serviço de natureza não eventual a qualquer tipo de empregador.

2 - Não há que sefalar em subordinação para se caracterizar o empregado rural.

3 - O empregado rural precisa, obrigatoriamente, receber pelo menos 50% do salário em dinheiro.

4 -
O trabalhador rural que prestaserviços eventuais também é considerado empregado.

5 -
Os trabalhadores rurais possuem os mesmos direitos que os trabalhadores urbanos, conforme preceitua a Constituição Federal.

Suaresposta:

5 -
Os trabalhadores rurais possuem os mesmos direitos que os trabalhadores urbanos, conforme preceitua a Constituição Federal.

Resposta gabarito


Os trabalhadores rurais possuem osmesmos direitos que os trabalhadores urbanos, conforme preceitua a Constituição Federal.

Comentário do gabarito

E - Tem os mesmos direitos, conforme art. 7º, caput, da Constituição.--------------------------------------------------------------------------------

Questão 2:

Nota: Excelente




Sabe-se que a escravidão africana foi adotada no Brasil desde a colonização porque amão-de-obra africana gerava lucro por meio do tráfico negreiro. É sabido também que a escravidão contribuiu para criar no Brasil uma cultura de subordinação e
subjugação do trabalhador.

Nestaperspectiva, é correto afirmar que:





Alternativas:

1 -
Manter o escravo sempre isolado do restante da sociedade era um dos elementos usados para subjugá-lo.

2 - As senzalas ficavampróximas à residência dos senhores para facilitar o trabalho dos escravos, mas jamais para fiscalizá-los.

3 -
Os castigos físicos eram usados apenas para repreender os escravos, mas não para...
tracking img