Diastase do reto abdominal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1021 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Título: TRATAMENTO DA FLACIDEZ E DIÁSTASE DO RETO-ABDOMINAL NO PUERPÉRIO DE PARTO NORMAL COM O USO DE ELETROESTIMULAÇÃO MUSCULAR COM CORRENTE DE MÉDIA
FREQÜÊNCIA – ESTUDO DE CASO*
Autor: FÁBIO DOS SANTOS BORGES e ERICKA CHRISTINE VALENTIN
Metodologia
Tratamento:
Antes e após o tratamento as pacientes foram submetidas a uma avaliação constituída de perimetria abdominal, aferição com uso dopaquímetro e fotografia.
A aferição da diástase do reto abdominal foi realizada com a paciente posicionada em decúbito dorsal com o quadril e os joelhos fletidos e os pés apoiados no colchão. Foi marcado 4,5 cm acima da cicatriz umbilical e solicitado a paciente realizar uma flexão anterior do tronco até que as bordas inferiores das escápulas saíssem do colchão, mantendo esta posição por algunssegundos realizou-se a aferição da diástase do músculo reto-abdominal com o paquímetro..
Para a realização do tratamento as puérperas foram posicionadas em uma maca, em decúbito dorsal, onde foi realizada limpeza prévia da região do abdômen com álcool e algodão para fixação dos eletrodos auto-adesivos em origem e inserção muscular de ambos os ventres do músculo reto-abdominal e submetidas àeletroestimulação utilizando o aparelho de eletroestimulação de média frequência Endophasys-R_, fabricado pela KLD Biosistemas Ltda, que possui um pulso senoidal, e foram utilizados os seguintes parâmetros de modulação: Freqüência portadora de 2.500 Hz, freqüência modulada de 100 Hz, fase (ciclo) de 50%, tempo de contração de 6 seg. e tempo de repouso de 6 Seg., por um tempo total de estimulação de 20minutos, numa intensidade (mA) confortável e suficiente

Resultados
Identificação: Paciente A Idade: 23anos
Data do Parto: 03/09/2000 Início do tratamento: 15 dias de puerpério
Data: 18/09/2000 06/10/2000 30/10/2000
Diástase:
_ 4,5 cm acima da cicatriz umbilical: 2 cm 1 cm 1 cm
Perimetria:
_ 10 cm acima da cicatriz umbilical: 70 cm 69 cm 69 cm
_ 5 cm acima da cicatriz umbilical: 73 cm72 cm 68 cm
_ Cicatriz umbilical: 80 cm 80 cm 75 cm
_ 5 cm abaixo da cicatriz umbilical: 83 cm 82 cm 78 cm
Intensidade da corrente (mA) por canal: 85 mA 105 mA 125 mA

Identificação: Paciente B Idade: 18 anos
Data do Parto: 06/10/2000 Início do tratamento: 17 dias de puerpério
Data: 23/10/2000 13/11/2000 04/12/2000
Diástase:
_ 4,5 cm acima da cicatriz umbilical: 3 cm 2 cm 1 cmPerimetria:
_ 10 cm acima da cicatriz umbilical: 68,5 cm 67 cm 66 cm
_ 5 cm acima da cicatriz umbilical: 71,5 cm 67 cm 65 cm
_ Cicatriz umbilical: 76,5 cm 74 cm 71 cm
_ 5 cm abaixo da cicatriz umbilical: 77,5 cm 76 cm 76 cm
Intensidade da corrente (mA) por canal: 85 mA 105 mA 125 mA

Identificação: Paciente C Idade: 30 anos
Data do Parto: 18/10/2000 Início do tratamento: 19 dias depuerpério
Data: 06/11/2000 24/11/2000 15/12/2000
Diástase:
_ 4,5 cm acima da cicatriz umbilical: 3,9 cm 2 cm 2 cm
Perimetria:
_ 10 cm acima da cicatriz umbilical: 85 cm 84 cm 84 cm
_ 5 cm acima da cicatriz umbilical: 88 cm 86 cm 84 cm
_ Cicatriz umbilical: 98 cm 95 cm 90 cm
_ 5 cm abaixo da cicatriz umbilical: 105 cm 97 cm 93 cm
Intensidade da corrente (mA) por canal: 85 mA105 mA 125 mA

Nome: Fisioterapia para Redução da Diástase dos Músculos Retos
Abdominais no Pós-Parto
Autor: Luciana Aparecida Mesquita, Antônio Vieira Machado, Angela Viegas Andrade
Metodologia
A amostra foi constituída de 50 puérperas, dividida aleatoriamente em dois grupos: um de controle e
outro tratamento, com 25 puérperas cada um. Foram incluídas no estudo as puérperas com idade entre18 e 40 anos, hígidas, com até 4 filhos, que tiveram parto transvaginal sem anestesia de bloqueio epidural ou subdural. Deveriam apresentar DMRA superior a 3 cm e máximo de 6 horas após o parto.
Para a mensuração da DMRA foi utilizado um paquímetro da marca NORFOL.
Para a verificação da presença de DMRA a puérpera foi posicionada em decúbito dorsal, com o quadril e joelhos fletidos e com os...
tracking img