Dialogo na sala de espera da esf: uma estrategia para a promoção do desenvolvimento sustentavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1159 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relato de experiência

DIÁLOGO NA SALA DE ESPERA DA ESF: UMA ESTRATÉGIA PARA A PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Ana, Carin,

RESUMO

Trata-se de relato de experiência de acadêmicas de enfermagem que utilizaram a sala de espera como estratégia para o trabalho educativo com as equipes de Saúde da Família. Realizou-se uma conversa com os pacientes que chegavam à unidade de saúde dobairro Vista Alegre. O dialogo realizado possibilitou vislumbrar o conceito de desenvolvimento sustentável e como podemos realizar esse tipo de desenvolvimento na comunidade que a Estratégia de Saúde da Família abrange. Constatou-se o interesse e também a necessidade dos indivíduos em promover o desenvolvimento sustentável, tanto em suas residências como também na comunidade em que vivem.Palavras-chave: Educação em Saúde, Promoção da Saúde, Desenvolvimento Sustentável.

SALA DE ESPERA COMO ESTRATÉGIA PARA AÇÃO EDUCATIVA (introdução)

A prática educativa em saúde atua como um processo de aprendizagem e reflexão, estabelecendo contato com as situações do cotidiano. A educação deve contribuir para auto-formação do indivíduo, de modo a ensinar a assumir a condição humana, ensinar aviver e ensinar como se tornar cidadão. A promoção do desenvolvimento sustentável assume um papel de relevância dentro de nossa sociedade, por isso é importante que ocorram as atividades educativas sobre a temática. É necessário, portanto, que as ações educativas permitam uma abordagem através do dialogo, que possa facilitar a reflexão individual e coletiva dos educandos sobre a sua realidade.Surge daí a necessidade de buscar estratégias para programar a educação em saúde, no para que esta se torne eficaz e que o objetivo das ações seja alcançado.
Optou-se por adotar uma estratégia a partir do dialogo, este sendo capaz de enriquecer as ações educativas, na medida em que se trata de adequado instrumento de comunicação, expressão e aprendizado. Além disso, configura-se como modelo deensino aprendizagem em que acontecem trocas de saberes que favorece o conhecimento e a construção de pensamento reflexivo e critico das condições em que o individuo está sujeito na comunidade em que vive.
Para que a ação educativa se firme como transformadora ela preocupa-se em desenvolver nas pessoas a capacidade de observar, analisar, questionar a sua realidade, os seus problemas e procurarsoluções ou respostas adequadas.

TRILHANDO O CAMINHO (metodologia)

O planejamento da prática educativa teve como facilitadores acadêmicos do curso de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria. Tal planejamento foi organizado a partir de um trabalho realizado em sala de aula, com base em artigos científicos sobre a temática proposta, foi apresentado para o grande grupo e discutido ao final daapresentação. Após houve a elaboração de um roteiro para por em pratica a ação pedagógica na ESF, contendo titulo do trabalho, ESF a ser aplicado, principal problema que ocorre na área de abrangência do ESF, intervenção pedagógica, objetivo da intervenção, material para a produção da intervenção, como vai ser aplicada a intervenção pedagógica e quais as contribuições da intervenção, sendo revisadopor a docente responsável pela disciplina. Na sequência, o roteiro foi apresentado à enfermeira da unidade de saúde escolhida para que a prática de ação educativa fosse analisada pela mesma, em seguida foi realizada a ação na sala de espera.
Foi estabelecido diálogo dinâmico com a abertura de espaços para a participação, a reflexão crítica e a socialização. Assim, a proposta pretende contribuirpara que as pessoas percebam como é importante o dialogo acerca do ambiente em que elas vivem, e como esse ambiente interfere na saúde das pessoas. A pratica foi realizada em uma tarde na unidade com pequeno publico.

REFLETINDO A PRÁTICA: O (RE) COMEÇO (resultados e conclusão)

A experiência vivenciada possibilitou vislumbrar como o diálogo é importante em uma ação educativa em saúde. No...
tracking img