Diabetes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3852 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DIABETE,
A ARMADILHA DO AÇÚCAR

2

ÍNDICE
Introdução.....................................................................................04
Diabete, a armadilha do açúcar...................................................05
Sinais de alerta .............................................................................11
Pura insulina................................................................................12
Como se fabrica a insulina ..........................................................14
Conclusão .....................................................................................16
Bibliografia ...................................................................................17

3

INTRODUÇÃO
Diabete é uma doença muito freqüente que afeta mais de 100milhões de
pessoas no mundo todo.
É uma doença crônica, quer dizer, quando aparece é para sempre. O
diabete aparece porque uma glândula do organismo, o pâncreas, não funciona
suficiente bem:
O pâncreas não produz insulina (no caso de jovens) ou esta insulina não
funciona adequadamente (no caso de adulto). A insulina é o hormônio que controla
os níveis de açúcar no organismo. Por isso, osdiabéticos têm nível elevado de
açúcar no sangue.

4

DIABETE,
A ARMADILHA DO AÇÚCAR
Trezentos milhões de pessoas, no mundo inteiro, devem evitar os alimentos
doces, capazes de lhes provocar amargos problemas de saúde. Sem um rígido e
permanente controle, eles podem provocar até a morte.

Seis em cada 100 pessoas, na face da Terra, são diabéticas — e metade
delas nem sabe disso. Suascélulas morrem de fome em meio de fartura — ou seja,
são banhadas por um sangue riquíssimo em glicose, sua principal fonte de energia.
Mas, por ironia, não conseguem absorver o nutriente, porque os portões de suas
membranas permanecem fechados. A chave capaz de abri-los foi perdida para
sempre ou não se encaixa mais direito. Trata-se do hormônio insulina, que parou de
ser produzido pelopâncreas, no caso de quem sofre do chamado diabete tipo 1 ou
juvenil.
TIPO 1
Um jovem paciente
O perfil do chamado diabético juvenil ou
insulino-dependente
Idade: Ficou diabético com menos de 30 anos
Biótipo: geralmente, é magro
Uso de insulina: não pode dispensar injeções
diárias da substância.

5

Ou, então, a insulina continua sendo secretada por essa imensa glândula,
situadatransversalmente no abdômen superior, mas suas moléculas tornaram-se
defeituosas e não conseguem mais cumprir perfeitamente sua tarefa. Isto ocorre no
diabete tipo 2 ou senil .
TIPO 2
Um senhor diabético
Características do diabético senil.
Idade: Já passou dos 40
Biótipo: É obeso
Uso de insulina: eventualmente,
precisa de injeta-la; mas costuma
controlar seu distúrbio com
comprimidos

Narealidade, as duas formas do distúrbio, quando mal controladas,
podem ter conseqüências fatais.
“O diabete é mesmo silencioso”, explica o endocrinologista Fadlo Fraige
Filho, médico do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. Atual presidente
da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD). “Não dói, não provoca
reações estranhas. Estudos recém-publicados mostram que, quando apessoa nota
algo de errado, o problema já tem, em média, sete anos de evolução.” Durante esse
período, as células beta do pâncreas, produtoras da insulina, foram paulatinamente
arrasadas pelo sistema imunológico e o embrião de algumas complicações
decorrentes desse ataque também já surgiu.

6

Aliás, complicação é uma palavra que vira-e-mexe se pronuncia, ao se
falar em diabete. Este é oque os médicos chamam de síndrome: em vez de uma
doença única, trata-se de um conjunto de encrencas, pipocando em todo canto do
organismo.
O diabete é peculiar, à medida que a vítima pode definir o seu destino:
• O coração do diabético desleixado padece porque a pessoa apresenta
uma tendência muito maior para formar os temidos ateromas, placas endurecidas,
nas paredes dos grandes vasos...
tracking img