Desvenda os meus olhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1480 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Sl 119.18 Desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei.

Abrão e Loth separam-se Gn 13.7-12
E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão, e os pastores do gado de Loth; e os cananeus e os perizeus habitavam, então, na terra.
E disse Abrão a Loth: Ora não haja conten-da entre mim e ti, e entre osmeus pastores e os teus pastores, porque irmãos somos.
Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; se escolheres a esquerda, irei para a direita; e se a direita escolheres, eu irei para a esquerda.
E levantou Loth os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do Senhor ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do Senhor, como a terrado Egipto, quando se entra em Zoar.
Então Loth escolheu para si toda a campina do Jordão, e partiu Loth para o oriente, e apartaram-se um do outro.
Habitou Abrão na terra de Canaan, e Loth habitou nas cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma.

Tentação de Eva e a queda do homem Gn3.7
G3.7 Então os olhos de ambos foramabertos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

Eliseu adivinha os conselhos do rei da Síria 2 Rs 6.15
2 Rs 6.15 E o moço do homem de Deus se levantou muito cedo, e saiu, e eis que um exército tinha cercado a cidade com cavalos e carros; então o seu moço lhe disse: Ai, meu senhor! que faremos?
E ele disse: Não temas; porque mais sãoos que estão connosco do que os que estão com eles.
E orou Eliseu, e disse: Senhor, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o Senhor abriu os olhos do moço, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu.

Dois discípulos no caminho de Emaús Lc 24.13-31 ( Mc16:12,13 )
E eis que, no mesmo dia, iam dois deles para uma aldeia, que distava de Jerusalém sessenta estádios, cujo nome era Emaús;
E iam falando entre si, de tudo aquilo que havia sucedido.
E aconteceu que, indo eles, falando entre si e fazendo perguntas um ao outro, o mesmo Jesus se aproximou, e ia com eles:
Mas os olhos deles estavam como que fechados, para que o não conhecessem.
E ele lhesdisse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre vós, e por que estais tristes?
E, respondendo um, cujo nome era Cleófas, disse-lhe: És tu só peregrino em Jerusalém, e não sabes as coisas que nela têm sucedido nestes dias?
E ele lhes perguntou: Quais? E eles lhe disseram: As que dizem respeito a Jesus o nazareno, que foi varão profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e detodo o povo:
E como os principais dos sacerdotes, e os nossos príncipes, o entregaram à condenação de morte, e o crucificaram.
E nós esperávamos que fosse ele o que remisse Israel; mas agora, sobre tudo isso, é já hoje o terceiro dia desde que essas coisas aconteceram.
É verdade que, também, algumas mulheres, de entre nós, nos maravilharam, as quais de madrugada foram ao sepulcro;
E, não achandoo seu corpo, voltaram, dizendo que também tinham visto uma visão de anjos, que dizem que ele vive:
E, alguns dos que estavam connosco foram ao sepulcro, e acharam ser assim, como as mulheres haviam dito; porém a ele não o viram.
E ele lhes disse: Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!
Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas, e entrasse nasua glória?
E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.
E chegaram à aldeia para onde iam, e ele fez como quem ia para mais longe.
E eles o constrangeram, dizendo: Fica connosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles.
E aconteceu que, estando com eles à mesa, tomando o pão, o abençoou e partiu-o,...