Despotismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2773 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Por que os déspotas não fazem parte da política

Diz a lenda que Harum al-Rachid, califa de Bagdá, disfarçava-se de mendigo para descobrir o que seus súditos pensavam. Cercado pelos bajuladores que se juntam a volta do poder absoluto, só podia perceber a verdade das coisas por caminhos tortuosos. Harum foi o califa que teria condenado a morte Sherazade mas que, encantado com as históriasque ela lhe contou por mil e uma noites seguidas, retardou a execução e acabou se casando com ela. A história é uma famosa imagem do despotismo, sistema de ordem criado pela conquista, baseado no medo e que resulta em capricho.
Num sistema despótico de governo, o princípio último da ordem decorre das próprias inclinações do déspota. Mas o despotismo não é um sistema em que a justiça estejainteiramente ausente: em geral ela funciona em sociedades altamente conservadoras onde o costume e a lei e os padrões de justiça dominantes são aceitos como parte da ordem natural das coisas. Cada pessoa se encaixa num esquema de inspiração divina. Dinastias surgem e desaparecem de acordo com "as ordens do céu", como diziam os chineses, mas a vida do camponês pouco muda. Tudo depende da sabedoria dogovernante. No século XI a.C, enfrentando problemas com os filisteus, os israelitas foram ao profeta Samuel, seu líder, e pediram para ter um rei ao mesmo tempo juiz e comandante na batalha. Samuel alertou-os contra essa mudança, avisando que tal rei acabaria por se apoderar de suas propriedades e escravizar suas forças. Mas eles insistiram que queriam ser como outras nações e que deviam ter umrei. Naquele contexto do Oriente Médio, "rei" significava um governante que os trataria de forma despótica, bem diferente dos governantes constitucionais da Europa. Deu-se que os israelitas tiveram a sorte de encontrar em Saul, Davi e Salomão uma linha de governantes notáveis que deram a Israel um súbito gosto pela ordem e mesmo alguma glória internacional. A solução dada por Salomão ao problema dasduas mulheres que disputavam um bebê é apenas o mais famoso exemplo de sua legendaria sabedoria. Mas mesmo esses monarcas se revelaram opressores e, no final, a carga de ter que pagar pelos grandiosos projetos salomônicos dividiu Israel.
"Despotismo" e uma categoria onde cabe toda sorte de trastes, com uma ampla variedade. De uma forma ou de outra, as civilizações não-européias foram quaseinvariavelmente governadas de forma despótica. A imaginação ocidental, no entanto, repugnam os déspotas - cruéis faraós, dementes imperadores romanos como Calígula e Nero, exóticos e remotos soberanos chineses ou indianos. Na Europa, o desejo despótico de poder deve ser disfarçado. Por vezes os europeus foram iludidos por algum despotismo envolto nas formas sedutoras de um ideal, como nos casos deHitler e Stalin. Isso deve recordar-nos que a possibilidade do despotismo não é remota nem no tempo nem no espaço. Muitos países são ainda governados dessa maneira, que pode trazer a dor e a morte a qualquer momento - e como viver num hospício.
Hoje definimos o despotismo (e a ditadura, o totalitarismo) como uma forma de governo. Isso teria horrorizado os gregos antigos, cuja própria identidade(e senso de superioridade em relação a outros povos) baseava-se na distinção que faziam entre seu sistema de governo e o despotismo suportado pelos vizinhos orientais. O que esse contraste revela e que a política está tão no centro da nossa civilização que seu significado se modifica a cada mudança cultural e de circunstâncias. Por essa razão, nosso primeiro gesto ao tentar compreender a políticadeve ser o de nos libertarmos das crenças irrefletidas atuais. Um dos objetivos deste livro e explicar como é que hoje o que costumava ser uma atividade limitada, conduzida pelas elites de alguns países ocidentais, e vista como inevitável preocupação de toda a humanidade.
Precisamos primeiro examinar o valor que os gregos antigos davam à política. O que os gregos sabiam, acima de tudo, é...
tracking img