Despertar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3559 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DESPERTAR: INTERVENÇÃO VIA PSICOLOGIA SOCIAL COMUNITÁRIA COM ADOLESCENTES DE BAIXA RENDA EM TERESINA - PIAUÍ. JOSEANE PATRÍCIA LOPES DE MELO ARAÚJO, Faculdade Integral Diferencial joseanepati@hotmail.com JUSCISLAYNE BIANCA TAVARES DE MORAIS, Faculdade Integral Diferencial juscystavares@hotmail.com LIDIANE DE ARAÚJO SOUSA, Faculdade Integral Diferencial lidiannearaujo1@hotmail.com NAIRARAVANNY DE SOUZA LIMA, Faculdade Integral Diferencial Naira_ravanny@hotmail.com NATHASSIA POLLYNE COLAÇO GONÇALVES, Faculdade Integral Diferencial nathpcg@hotmail.com VALÉRIA SENA CARVALHO, FACULDADE INTEGRAL DIFERENCIAL – vasena@uol.com.br FACID, FACID, FACID, FACID, FACID, FACID,

RESUMO

A Psicologia Social Comunitária surge como uma nova abordagem dentro do movimento da psicologia aplicadapara lidar com os problemas de comportamento humano, desenvolvendo ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial, tanto em nível individual quanto coletivo, priorizando o coletivo. Valoriza, assim, a construção de práticas comprometidas com a transformação social, em direção a uma ética voltada para a emancipação humana (autogestão). O Projeto Despertarfoi um trabalho de intervenção realizado pelas estagiárias de psicologia no Núcleo de Atenção Intergeracional NAI Wall Ferraz, localizado no Bairro Santa Maria da Codipi em Teresina - Piauí. A clientela da instituição é composta por crianças e adolescentes de 07 a 17 anos de ambos os sexos. O Projeto teve como objetivo assistir o adolescente em situação de vulnerabilidade social proporcionando umespaço de reflexão acerca de temas relacionados à sua realidade. Como suporte metodológico utilizou-se para a coleta de dados e desenvolvimento de atividades a observação-participante a qual consiste na assimilação e compreensão do modo de vida através de uma ação direta (inserção e convivência real) e uma ação intelectual (analítica, sistemática). No período de 04 meses foram realizados encontrossemanais que contavam com a participação de 27 adolescentes na faixa etária de 12 a 17 anos. As estagiárias realizaram atividades de exposição de vídeos, dinâmicas de grupo, dramatizações e rodas de discussão. Foram promovidas também ações a partir das necessidades do público-alvo, identificadas através do diálogo e do entendimento das suas próprias necessidades e das formas de atendê-las. Aavaliação do trabalho desenvolvido evidenciou que a troca de informações entre estagiárias, supervisores, funcionários e usuários da instituição foi mútua e positiva. O que predominou durante o planejamento e realização das atividades foi o anseio de que estas fossem realmente mobilizadoras e o mais próximas possível da realidade dos sujeitos envolvidos, constituindo-se em um verdadeiro exercício decidadania. Este projeto propôs ainda romper barreiras, desmistificar concepções errôneas da atuação do psicólogo dentro da comunidade. Desta forma pode-se considerar de grande importância o papel da Psicologia Social Comunitária, pois esta pode ajudar no desenvolvimento do senso crítico, autonomia e da conscientização do papel de sujeito enquanto cidadão e transformador da sua realidade. Palavraschaves: adolescentes, comunidade, núcleo de atenção integeracional, psicologia social comunitária.

1 INTRODUÇÃO

A Psicologia Social Comunitária surge como uma nova abordagem dentro do movimento da psicologia aplicada para lidar com os problemas de comportamento humano, desenvolvendo ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial, tanto em nívelindividual quanto coletivo, priorizando o coletivo. O Projeto Despertar foi um trabalho de intervenção realizado no Núcleo de Atenção Intergeracional NAI Wall Ferraz, localizado em Teresina - Piauí. A clientela da instituição é composta por crianças e adolescentes de 07 a 17 anos de ambos os sexos que se encontram em situação de vulnerabilidade física ou social tendo passado ou passando por violência...
tracking img