Desgate-trilhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 66 (16409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS

INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA ACADEMIA MRS

ARMANDO SISDELLI

ESTUDO DE DESGASTES DE RODAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS NO MATERIAL RODANTE E NA VIA PERMANENTE

Rio de Janeiro 2006

ESTUDO DE DESGASTES DE RODAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS NO MATERIAL RODANTE E NA VIA PERMANENTE

Monografia apresentada ao Curso de Especialização emTransporte Ferroviário de Carga, como requisito parcial para obtenção de certificado de conclusão de curso.

Autor: Armando Sisdelli Orientador: Hostilio Xavier Ratton Neto Tutor: Walter Vidon Jr.

Rio de Janeiro 2006

2

AS

AGRADECIMENTOS

À MRS e ao IME, que fizeram todo o esforço para que este curso fosse possível. Aos professores, coordenadores, orientadores e tutores, pelapaciência e ensinamentos. Aos colegas, por todas estas semanas que passamos juntos.

3

AS

SUMÁRIO

1 1.1 1.2 1.3 1.4 2 2.1 2.2 3 3.1 3.2 3.3 3.4 3.4.1 3.4.2 4 4.1 4.2 5 5.1 5.1.1 5.1.2 5.1.3 5.1.4

INTRODUÇÃO ......................................................................................... 12 CONSIDERAÇÕES GERAIS................................................................... 12 JUSTIFICATIVA ....................................................................................... 14 OBJETIVO ................................... ............................................................. 15 ORGANIZAÇÃO ....................................................................................... 15 RODA FERROVIÁRIA, APLICAÇÃO E MECANISMOS DE DESGASTE........................................................................................ 16 APLICAÇÃO DAS RODAS FERROVIÁRIAS ........................................... 16 MECANISMOS DE DESGASTE DAS RODAS FERROVIÁRIAS ............. 20 PERFIS MODIFICADOS DE RODAS ....................................................... 23 CONTATO RODA-TRILHO....................................................................... 23 OS PERFIS NAS FERROVIAS CANADENSES ....................................... 24 OS PERFIS NAS FERROVIAS DOS ESTADOS UNIDOS ....................... 28 OS PERFIS NA MRS ................................................................................ 31 ESTUDO DA INTERFACE RODA-TRILHO .............................................. 33 NOVO PERFIL DE RODA PARA A MRS................................................. 35 PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DE RODAS E TRILHOS NA MRS ... 39 MANUTENÇÃO DE RODAS ..................................................................... 39 MANUTENÇÃO DE TRILHOS .................................................................. 43 ENSAIOS DE CAMPO .............................................................................. 45 PROCEDIMENTO..................................................................................... 45 DETERMINAÇÃO DO TAMANHO DA AMOSTRA ................................... 46 PREPARAÇÃO DAS RODAS ................................................................... 48 MONTAGEM DOS RODEIROS E MEDIÇÃO INICIAL ............................. 49 MONTAGEM DOS RODEIROS NOS VAGÕES ....................................... 514

AS

5.1.5 5.2 6 6.1 6.2 7 8

ACOMPANHAMENTO DOS TESTES .......................................................53 ANÁLISE DOS RESULTADOS ................................................................ 54 CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................... 55 CONCLUSÕES......................................................................................... 55 RECOMENDAÇÕES ................................................................................. 56 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ......................................................... 57 ANEXO A .................................................................................................. 59

5

AS

LISTA DE FIGURAS

Figura 1 - Truque ferroviário para vagões...
tracking img