Desenvolvimento social e profissional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (980 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera - Uniderp
Centro de Educação a Distância

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA POLO DE ELDORADO – MS
CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DERECURSOS HUMANOS

DICIPLINA: SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO.

PRO. EAD: JEFFERSON TERUYA DE SOUZA.

DESAFIO DE APRENDIZAGEM

ACADEMICOS

MARCOS VIERA DA SILVA - RA:239846
CLAUDIA MARIA GOMES - RA: 263149

Prof. Tutor presencial: Osmir Aparecido Jovedi.

ELDORADO – MS
2010
FATOR ACIDENTÁRIO DE PREVANÇÃO
AS MUDANÇAS NO FATOR ACIDENTÁRIO DE PREVENÇÃO
Segurançado trabalho:
Muitas empresas ainda não estão sabendo lidar com toda essa mudança, o FAP tem por objetivo implantar melhores condições de trabalho e de saúde para o trabalhador, tentando fazer com queas empresas melhorem suas condições políticas em prol da saúde e segurança do trabalhador e com isso possa diminuir os riscos de acidentes do trabalho. No caso das empresas que o ambiente de trabalhonão há riscos o FAP a ser calculado é de 1%, então quanto maior for o numero de acidente dentro da empresa maior o FAP, para as atividades acontecera que as alíquotas também serão aumentadas, a novalei com certeza garante mais justiça para as contribuições.

SESMT E ACIDENTE DE TRABALHO E DOENÇA OCUPACIONAL
As exigências legais para garantia do trabalhador no tocante a segurança do trabalho ediminuição de doenças ocupacionais são amparadas pelas leis e atendidas nas empresas ligadas a essas. As empresas privadas ou bíblicas têm por obrigação garantir a segurança e diminuição de doençasocupacionais do trabalho, no qual esta escrita pela consolidação das leis do trabalho - CLT, as disposições contidas nas NRs aplicam também ao trabalhador avulso. As empresas que possuem, mais de 50%dos empregadores em local de riscos devem obedecer ao dispositivo no quadro dois desta NR. (104.005-7111).

Controvérsias 

O FAP está em discussão desde 2003, mas só começou a vigorar sete anos...
tracking img