Desenvolvimento em animais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1013 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANIMAIS

O desenvolvimento animal começa na verdade antes da fertilização do ovócito. Substâncias críticas são produzidas pela fêmea e ficam depositadas no ovócito para nutrir e controlar o desenvolvimento do zigoto em um organismo multicelular. Após a fertilização, uma série rápida de mitoses aumenta o número de células no animal em desenvolvimento, em geralsem grande crescimento do tamanho geral. A massa resultante de células, a blástula, é relativamente inespecífica, mas mesmo nesse estágio algumas de suas células já foram destinadas a formar tecidos específicos do corpo do animal. Tais células foram determinadas a se desenvolver de certo modo. À medida que o desenvolvimento continua, a blástula é reorganizada por uma série de migrações celulares,coletivamente chamadas de gastrulação, para produzir um embrião com três camadas distintas de células - a ectoderme (no exterior), a mesoderme (no meio) e a endoderme (no interior). Essas três camadas originam tecidos específicos, que irão então formar órgãos. A partir da gastrulação, as células tornam-se diferentes umas das outras, um processo chamado diferenciação. Esta é uma característicaimportante no desenvolvimento animal, dando muitas das funções especializadas que são necessárias à vida.

Ovocitogênese e Fertilização

Todo o potencial de desenvolvimento de um animal está contido em um zigoto. Quando o espermatozoide e o ovócito se unem, eles trazem os conjuntos paterno e materno de genes, que dão instruções detalhadas para o desenvolvimento. Entretanto, o desenvolvimento tambémé profundamente afetado por materiais citoplasmáticos presentes no zigoto. Alguns desses materiais, como o vitelo, são muito nutritivos e servem como alimento para o animal em desenvolvimento. Tanto os componentes nutritivos quanto os determinantes do citoplasma do zigoto são produzidos durante a ovocitogênese, o processo de formação do ovócito. Isto envolve uma série complexa de eventos,inclusive as duas divisões meióticas, que reduzem o número de cromossomos de diploide a haploide. Curiosamente, a segunda divisão meiótica às vezes não é completada até que o ovócito seja fertilizado.
Nas fêmeas dos animais, as divisões meióticas produzem células de tamanhos desiguais. A primeira divisão separa uma célula grande, o ovócito secundário, de uma célula pequena, o primeiro glóbulo polar. Oovócito secundário desenvolve-se no óvulo, enquanto o glóbulo polar se degenera. Esta divisão desigual de células é claramente um modo de armazenar materiais no citoplasma do ovócito. Pouco citoplasma é destinado ao glóbulo polar, sendo a maioria destinada ao ovócito. Apenas uma quantidade mínima vai formar o segundo glóbulo polar.
As células vizinhas também enriquecem o citoplasma do ovócito. Emmuitos organismos, estas células sintetizam materiais que são transportados para o ovócito. Nas aves, por exemplo, uma casca dura, rica em cálcio, é formada por secreções no oviduto, uma parte da via reprodutiva feminina através da qual o ovo passa ao sair do corpo.
A fertilização ocorre quando o ovócito é penetrado por um espermatozoide. Este é um processo complexo, envolvendo interações dediferentes proteínas na superfície dos dois gametas. Quando o espermatozoide faz contato com o ovócito, ele dispara uma resposta no ovócito que faz com que o citoplasma perto da superfície do ovócito seja moldado ao redor do espermatozoide e o internalize. Após a entrada do espermatozoide no ovócito, este completa a meiose (se já não o tiver feito) e os núcleos do espermatozoide e do ovócito se fundempara formar o núcleo do zigoto. Em alguns organismos, por exemplo, a Drosophila os núcleos do espermatozoide e do ovócito se dividem mitoticamente antes de se fundir.

As Divisões de Clivagem Embrionária e Formação da Blástula

Um zigoto recém-formado prontamente se divide em duas células, cada uma das quais se divide em mais duas, e assim em diante, até que muitas células estejam...
tracking img