Desenvolvimento economico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 332 (82971 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LUÍS FERNANDO VITAGLIANO

A CEPAL NO FIM DO MILÊNIO: A RESPOSTA AOS “PROGRAMAS DE AJUSTES” NEOLIBERAIS

Dissertação de Mestrado apresentada ao Departamento de Ciência Política do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas sob a orientação do Prof. Dr. Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes.

Este exemplar corresponde à redação final da Dissertação defendidae aprovada pela Comissão Julgadora em: 15/09/2004.

BANCA:

Prof. Dr. Sebastião Carlos Velasco e Cruz (presidente)

Prof. Dr. Álvaro Gabriel Bianchi Mendes

Prof. Dr. Eduardo Kugelmas.

SETEMBRO/2004

FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELA BIBLIOTECA DO IFCH - UNICAMP

V83c

Vitagliano, Luís Fernando A CEPAL no fim do milênio: a resposta aos programas de ajustes neoliberais / LuísFermando Vitagliano. - - Campinas, SP : [s.n.], 2004.

Orientador: Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. Dissertação (mestrado ) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

1. Nações Unidas – Comissão Econômica para a América Latina. 2. Desenvolvimento econômico. 3. Globalização. 4. Neoliberalismo. 5. Estruturalismo. I. Moraes, Reginaldo C. Corrêa de (ReginaldoCarmello Corrêa de), 1950- II. Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. III.Título.

ii

Agradecimentos
Este trabalho tem uma grande dívida com o prof. Dr. Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes e a ele devem ser dirigidas as primeiras palavras deste agradecimento. Seu papel como orientador foi fundamental para que eu pudesse desenvolver as condiçõesnecessárias e realizar este trabalho. Porém, é preciso dizer que seus esforços não significam que escapei de eventuais e possíveis erros. Agradeço ainda a sempre solícita colaboração do Prof. Dr. Sebastião Carlos Velasco e Cruz, não apenas como membro da banca de qualificação, como presidente da banca de mestrado, mas também pelos vários momentos em que apresentou boas dicas e sugestões; ao Prof. Dr.Jaime Cesar Coelho pelas várias sugestões na banca de qualificação; e aos Profs. Drs. Álvaro Gabriel Bianchi Mendes e Eduardo Kugelmas pela disponibilidade em participar como membros da banca de defesa desta dissertação. Também devo fazer referência, ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp, onde o trabalho foi desenvolvido. Sem a estrutura institucional de bibliotecas,arquivos, centros de estudos, computadores etc, muitas das informações aqui presentes não teriam como constar. Igualmente importante de se destacar é o financiamento de uma bolsa CAPES, sem a qual seria inviável a dedicação necessária para realizar com alguma objetividade o trabalho. E a FAEP pelo financiamento para participar do Congresso Internacional de Americanistas que me deu possibilidade deconhecer a sede da CEPAL em Santiago. Agradeço também ao pessoal da CEPAL, tanto Ricardo Bielschowsky, do escritório do Brasil, quanto José Carlos Mattos, Mikio Kuayama, Viviane Ventura Dias, Mario

iii

Lafuente, Juan Martin, Andras Utoff, Martin Hoppenhayn, Rolando Franco, Carmen Artigas, que me receberam na sede do Chile, concederam entrevistas ou mostraram seus trabalhos, me apresentaram àestrutura de funcionamento da CEPAL. Agradeço ainda os membros do CEIPOC (Centro de Estudos Internacionais de Política Contemporânea), que deram sugestões, corrigiram desvios e foram companheiros de trabalho. Especialmente a Isabella, Maitá, Luiza e Marcos. Por fim quero agradecer: aos meus familiares; Arnaldo e Augusta, meus pais, Rita, Silvio, José Arnaldo, João e Marcos, meus irmãos (ainda:cunhadas, cunhado e sobrinhos), pela paciência e compreensão com relação à minha ausência; e aos meus amigos: Marco Antônio e Marlus Alexandre, por tornarem minha convivência em Campinas mais tranqüila e confortável. Muito obrigado.

Campinas, agosto de 2004.

iv

Resumo
A CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina) é o objeto deste estudo exploratório. Serão dois momentos distintos aqui...
tracking img